Criança

Ministério da Saúde divulga novos números sobre a microcefalia

O número de casos aumentou bastante desde que foi divulgado o alerta para a doença

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

Novos casos de microcefalia

Em um relatório divulgado ontem, o Ministério da Saúde registrou mais casos suspeitos de microcefalia: até 5 de dezembro foram 1.761 notificações em 422 municípios de 14 estados brasileiros. As informações são do informe Epidemiológico sobre Microcefalia.

Nesse período, o estado de Pernambuco é o que mais tem registro de casos, mais de 800. O Rio de Janeiro também entra na conta, com 23 suspeitas.  Também estão sob obervação os estados de Paraíba (316), Bahia (180), Rio Grande do Norte (106), Sergipe (96), Alagoas (81), Ceará (40), Maranhão (37), Piauí (36), Tocantins (29), Mato Grosso do Sul (9), Goiás (3) e Distrito Federal (1).

Anúncio

FECHAR

Já foram registradas 19 mortes por causa da doença e a suspeita da relação desses óbitos com o vírus zika ainda não foram confirmadas, mas o Ministério da Saúde já estabeleceu como certa a relação entre a doença e o vírus transmitido pelo Aedes aegypti. Agora, o Ministério da Saúde passou a adotar o padrão da organização Mundial da Saúde para a triagem de bebês suspeitos com microcefalia: até 32 cm. Antes, a medida usada era até 33 cm. O objetivo da mudança é incluir mais bebês na investigação.

Para saber mais sobre a doença e esclarecer suas dúvidas, veja a matéria abaixo:

Microcefalia e o vírus zika: suas dúvidas solucionadas!