Criança

Festa junina em casa

Com ajuda de vizinhos e parentes, Bárbara Saleh faz festa em apenas cinco dias

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

Todo ano entro num dilema, fazer ou não uma festinha pro Kassem. Como muitas mães, não quero gastar rios de dinheiros, mas quero deixar meu filho feliz e sei que isso acontecerá com uma festa milionária ou uma festa com preço justo.

Começo o ano dizendo que não farei nada….. Ah, vamos viajar! Mas vai chegando perto da data, vai me dando um aperto, um siricutico e uma semana antes da festa lá estou eu convidando as pessoas. Sim, eu preparei a festa em cinco dias!

Anúncio

FECHAR

O tema já tinha decidido, como não queria personagens, usei o tema Festa Junina. Peguei minha amiga Thalita e fomos juntas ao centro de Osasco comprar bandeirinhas e enfeites juninos. Tudo isso com a Sueli no colo.

Em um dia tinha resolvido quase tudo, comprei a maioria dos enfeites, descartáveis e lembrancinhas. Sai convidando os amigos e familiares, por mensagens, telefonemas, Facebook, sinal de fumaça…. do jeito que dava. A ideia era fazer toda a festa, mas como tenho uma bebezinha de 7 meses, sabia que não seria possível.

Dia 2, pensei no cardápio da festa: O que faria de salgados, não, não daria tempo de fazer os salgados, então já terceirizei o serviço com a Rosely. Fazer frituras no salão do meu prédio fica impossível, porque todo mundo sai com cheiro de óleo, então, sempre opto por salgados assados.

Esfirras de carne, esfirras de queijo, enroladinho de salsicha de frango e bolinhas de falafel (um bolinho de grão de bico, a única coisa frita da festa), pipoca (no final esqueci) e torta de atum feita por mim. Os doces, fiz questão de fazer, o menu teria: brigadeiro, brigadeiro branco, bicho de pé, queijadinha, paçoca, canjica, tudo feito em casa.

Na última hora decidi delegar a função do bolo também pra Rosely a mesma que fez a festa do Kassem no aniversário de 2 anos e que fez todo os salgados também. Corri num atacadão e comprei todos os ingredientes que precisava, as bebidas e pronto, não precisaria sair mais. Fiz as compras sozinha com a Sueli, coloquei-a dentro do bebê conforto no carrinho e vamos que vamos.

No dia 3, comprei o resto que faltava, pra deixar o dia 4 tranquilinho só pros preparativos de decoração e comidinhas.

No dia 4, convoquei minhas queridas vizinhas do prédio para colocarmos a mão na massa, a Thalita Tavares, ficou com a parte da decoração. Logo de manhã, ela chegou e fomos colocar as bandeirinhas no salão. À tarde, a equipe toda estava aqui em casa, a Thalita ficou no salão decorando, as vizinhas e uma amiga ficaram aqui em casa comigo fazendo os quitutes da festa.

Era um tal de forno ligado, gente mexendo massa de docinhos e outra lavando a louça. Quem não podia mexer muito o braço, cuidava da Sueli. Eu, vez ou outra parava para amamentar ou dar uma comidinha pra ela. O Kassem ficou brincando com o João Bernardo, filho da Thalita.

Era muita risada, muita alegria e muita trabalheira. Uma bagunça deliciosa! O Rada, maridex, ficou responsável por trazer o jantar. Ficamos até meia noite e meia enrolando os docinhos, fazendo balão e flores de papel.

O dentinho da Sueli resolveu dar as caras e ela passou a sexta-feira febril. Medicada, mas sempre febril. Quando todos foram embora, a febre voltou, mediquei, amamentei e fiquei até às 3 horas da manhã com ela no colo, esperando a febre baixar.

No sábado, dia D, minha irmã Camila chegou cedinho pra entrar na equipe de apoio! Tirei uma horinha pra fazer uma escova no cabelo, porque mãe tem que estar bonita na festa dos filhos, né?

Na volta terminamos de arrumar o salão, descer as comidas e bebidas e em cima da hora conseguimos dar banho nas crianças, e se embelezar. A Thalita Tavares, além de caprichar na decoração, que ficou por conta dela, arrasou nas fotos durante o evento e de amiga, equipe de apoio, foi a fotógrafa da festa!

Amei demais o resultado, a festa ficou melhor do que eu imaginava, tudo lindo, perfeito. A decoração ficou um charme só! Delicado, colorido, melhor que a encomenda e pra ajudar, Deus mandou um dia de sol e a criançada se esbaldou de brincar. Não contratei equipe de recreação e as próprias crianças se divertiram. Jogaram bola, correram, brincaram no playground do prédio, fizeram a festa literalmente!

Comprei aquelas biribinhas ou estalinhos e foi um sucesso que só! A única coisa que fiz, mas marido que sugeriu, foi contratar pessoas pra servir e esquentar os comes e bebes. Assim, pude curtir a festa sem me preocupar se as pessoas estavam sendo servidas ou não.

Ano passado, fiz uma festinha em que eu tinha que servir tudo sozinha e o resultado, foi um mau humor da minha parte que só, então, foi um dinheiro muito bem investido! Assim pude aproveitar a festa com muita alegria!

O Rada, a Neide, Marlene, Angela, Dona Alzira, Thalita, Camila, Rosely e Seu Joaquim foram os responsáveis pelo sucesso da festa! Amei cada minuto, cada detalhe e fiquei com dó de desmontar a festa no final!

Durante a semana fui registrando os acontecimentos via Instagram (@barbarasaleh) e dividindo nossas alegrias com os amigos! Beijos e fiquem com Deus

Barbara Saleh é mãe do Kassem de 4 anos e da Sueli de 7 meses, esposa do Rada e tem o Portal Uma Mãe das Arábias. http://umamaedasarabias.com/

Contato dos profissionais:

Thalita Tavares, fotógrafa: http://www.thalitatavares.com/