Criança

Começa nesse sábado a campanha de vacinação contra poliomielite

A partir do dia 15, o Ministério da Saúde pretende vacinar mais de 12 milhões de crianças contra a paralisia infantil e coloca o Zé Gotinha em ação mais uma vez

A REDAÇÃO PAIS&FILHOS

shutterstock_211199182

Com o lema “Você é o protetor do seu filho”, o Ministério da Saúde lança a partir desse sábado, dia 15 de agosto, a campanha de vacinação contra a paralisia infantil e vai disponibilizar 16 milhões de doses da famosa gotinha para imunizar mais de 12 milhões de crianças pelo Brasil todo. Dia 15 é o Dia D contra a paralisia infantil e a campanha vai até 31 de agosto, por isso, se você tem filhos de seis meses até os cinco anos de idade, é hora de levá-los ao posto de saúde mais próximo da sua casa.

A 36ª campanha, em parceria com estados e municípios, também é uma chance de colocar a carteirinha de vacinação do seu filho em dia. Aproveite que vocês vão até o posto de saúde para saber quais doses ainda faltam para que ele esteja completamente protegido. Os profissionais de saúde vão avaliar e dizer quais vacinas ainda faltam e quais estão atrasadas. São mais de 100 mil postos de atendimento por todo o país.

Anúncio

FECHAR

 

Leia também:

Vacinação: O que dizem as correntes que questionam o programa

Como preparar emocionalmente a criança para a vacina

Tudo o que você precisa saber sobre vacinação

 

Durante a apresentação da campanha nesta terça-feira, o Ministro da Saúde Arthur Chioro chamou a atenção dos pais para a responsabilidade de levar os filhos até os postos da vacinação: “É extremamente importante seguir a orientação da Organização Mundial da Saúde e vacinar o máximo possível de crianças. Vamos aproveitar também para colocar a caderneta das crianças em dia com a atualização de outras vacinas”. O Ministério da Saúde está atento, de acordo com o ministro, para atender também às famílias que vivem em regiões mais remotas com pouca acessibilidade.

Peça da Campanha de Vacinação contra a Paralisia Infantil 2015

Peça da Campanha de Vacinação 2015

O que, quando e onde?

A poliomelite é uma doença grave, que na, maioria das vezes, não mata, mas deixa a criança com sequelas irreversíveis porque afeta o sistema nervoso, causando paralisia principalmente nos membros inferiores. É causada pelo polivírus e a criança é infectada principalmente pela boca.

Desde 1990 o Brasil está livre do vírus da poliomielite e em 1994 nós recebemos a Certificação de Área Livre de Circulação do Poliovírus Selvagem da Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS). No entanto, entre 2014 e 2015, nove países registraram casos da doença e em alguns deles a paralisia infantil é endêmica, por isso a vacinação é tão importante.

Crianças entre 2 e 4 meses de idade não devem tomar a gotinha, mas a vacina inativada da poliomielite (VIP injetável). Se seu filho já tem seis meses ou mais, até os cinco anos incompletos, é hora de procurar o Zé Gotinha para receber a dose via oral. Lembre-se de que o reforço deve ser feito aos 15 meses de idade, mas se você tiver alguma dúvida, leve a carteira de vacinação ao posto que lá você receberá as orientações necessárias.

Fique tranquila! A vacina é segura o protege contra os três tipos da poliomielite, 1, 2 e 3, por isso é eficaz em 90%. Mesmo que seu filho esteja com tosse, gripe, coriza, rinite ou diarreia, ele pode tomar a vacina sem problemas. Para as crianças com febre acima de 38°C, infecções agudas ou alguma hipersensibilidade aos componentes da vacina, consulte um pediatra para avaliar melhor o quadro.

O Ministério da Saúde também disponibiliza um aplicativo, o Vacinação em Dia, que vai te ajudar a controlar melhor as doses de vacinas que faltam para seu filho tomar e ainda te avisa das campanhas e de todo o calendário de vacinação da rede pública. O app está disponível tanto para o sistema IOS quanto para Android e é grátis, é só baixar!