Criança

Bruxismo na infância: saiba o que é

O problema é comum em crianças, segundo neuropediatra

A REDAÇÃO PAIS&FILHOS

Chicletes e balas exigem muito da mastigação e podem causar bruxismo (Foto: Shutterstock)

Chicletes e balas exigem muito da mastigação e podem deslocar dentes, o que causa o bruxismo (Foto: Shutterstock)

O bruxismo é o movimento que a pessoa faz com a boca como se fosse morder algo, comprimindo os seus dentes. Isso pode ser consciente ou inconsciente e acontecer de dia ou de noite.

Leia também

Conheça 18 dicas que vão te ajudar na fase da primeira dentição

Anúncio

FECHAR

Veja os principais cuidados para curtir o Carnaval de rua com os bebês

Hipotireoidismo infantil: saiba quais sãos as causas e os sintomas

O problema é comum em crianças, segundo Paulo Breinis, neuropediatra do Hospital Israelita Albert Einstein, sendo que ele ocorre em 40% das crianças na segunda infância. “O bruxismo é quase sempre uma patologia infantil. É difícil ocorrer em adultos”, disse.

Se a criança sofrer de bruxismo, normalmente terá o problema nas épocas do nascimento e da troca dos dentes, pois ela começa a forçar para ajeitá-los, de acordo com Alexandre Bussab, cirurgião-dentista da Clínica Brasil Smiles. “A troca dos dentes acontece, primeiro, aos 5 ou 6 anos. Depois, aos 7 ou 8 anos. Dos 9 aos 10 anos, todos os dentes já nasceram”, afirmou.

Mas os pais não devem ficar tão preocupados com o bruxismo nessas idades, porque os dentes são de leite, então o esmalte que foi desgastado será trocado. No entanto, a criança pode usar um aparelho ortodôntico feito de resina para melhorar o problema. O dentista não recomenda o uso de placa nos pequenos, porque a dentição ainda não se formou: “Na transição de dentição, não dá para colocar placa porque ela é fixa. Já o aparelho acompanha o movimento dos dentes”.

A manutenção desse aparelho é periódica, sendo feita de 20 em 20 dias ou mensalmente.

 

Bruxismo é problema comum durante  a infância (Foto: Shutterstock)

Bruxismo é problema comum durante a infância (Foto: Shutterstock)

Apesar de o problema não ser sério, o bruxismo pode desencadear a disfunção de ATM (articulação temporomandibular), que ocorre quando essa articulação é deformada e desgastada pela força da mordida, segundo Alexandre.“Não tem cura. A única cura é a prevenção para estabilizar o quadro. Se isso não ocorrer, uma cirurgia pode ser feita”, contou o dentista.

A prevenção ao bruxismo, que desencadeia a disfunção de ATM, pode ser feita retirando mamadeiras e chupetas, pois elas podem modificar a posição dos dentes e, na ânsia de arrumá-la, a criança os aperta. “Outros fatores que podem desencadear o bruxismo são respiração bucal, desvio de septo, hereditariedade e alimentos que exigem muito da mastigação, como balas e chicletes, que modificam a posição dos dentes”, informou o dentista.

Segundo o neuropediatra, ninguém sabe qual o processo fisiológico responsável pelo bruxismo, mas o dentista declarou que sobrecarregar a criança com tarefas pode causar o apertar de dentes, pois o pequeno ficado estressado.

O estresse atinge pessoas de todas as idades, mas o neuropediatra acredita que o bruxismo ocorre mais em crianças porque a patologia faz parte dos distúrbios do sono, comum na infância. “Assim como uma pessoa faz xixi na cama e é sonâmbula quando pequena, ela tem bruxismo e depois para”, explicou Paulo.

Descubra como substituir o sal por outros ingredientes nas refeições

Veja 11 dicas de cuidados com o recém-nascido

10 preocupações com recém-nascidos