Criança

Ai, se pega no olho!

Os ferimentos no globo ocular ocorrem quase sempre em crianças e dentro de casa. Alguns cuidados ajudam a evitá-los

A REDAÇÃO PAIS&FILHOS

perigos com os olhos

Quando o assunto é proteção dos olhos, a prevenção é sempre a melhor atitude. A curiosidade faz parte das crianças e isso faz com que os acidentes envolvendo os olhos sejam bastante comuns. Alguns estudos mostram que os ferimentos penetrantes do globo ocular acontecem principalmente em casa, sem a supervisão de um adulto. “Nunca permita que seus filhos brinquem com objetos pontiagudos, como tesouras, garfos e facas, pois há risco de perfuração ocular”, explica a oftalmologista Keila Monteiro de Carvalho.

Além disso, é importante manter os produtos químicos de limpeza fora do alcance das crianças. Eles podem causar desde a diminuição da qualidade da visão até a cegueira irreversível.

Anúncio

FECHAR

Para quem tem bichos de estimação, é importante lembrar que algumas brincadeiras como morder, arranhar e bicar podem machucar os olhos. Além disso, as fezes de alguns animais, principalmente dos gatos e das aves,  transmitem a toxoplasmose, doença que provoca inflamação ocular. Por isso, lembre sempre seu filho de  lavar as mãos depois de brincar com os pets e depois de limpar o local onde fazem suas necessidades.

Vale destacar os cuidados com as plantas espinhosas e pontiagudas. “As que possuem um líquido leitoso também causam irritação em contato com a vista”, explica Keila. Os medicamentos também são perigosos. Devem ser mantidos fora do alcance e nunca devem ser aplicados nos olhos sem prescrição médica ou em doses diferentes das que foram recomendadas. Isso pode trazer danos à saúde dos olhos.

Outro risco são brincadeiras que incluem pistolas de ar comprimido e ou paintball”, comenta a médica oftalmologista Keila Monteiro de Carvalho. De acordo com a oftalmologista, os acidentes durante a prática de esportes representam cerca de 27% dos traumas oculares em crianças e, geralmente, fazem com que haja internação hospitalar. “Os principais são os esportes com bolas pequenas, como o baisebol, tênis, squash , dardos, pesca, entre outros.

Quando houver um acidente com os olhos, a recomendação é procurar, com urgência, o oftalmologista para evitar complicações e saber o tamanho da lesão.