Criança

8 coisas que o seu filho deve saber antes de começar a pré-escola

Seu filho aprenderá muito na escola, mas ele deve se garantir em alguns quesitos antes de começar

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

pre-escola

Ter organização é uma das habilidades que você deve considerar (Foto: Shutterstock)

Todos os pais querem que os seus filhos se saiam muito bem nos primeiros passos da vida e a pré-escola é a base para ter um ótimo futuro, não só na escola mas também no caminho que eles vão trilhar. Com a escolha da instituição de ensino feita, resta preparar o seu filho para essa importante transição.

1. Incentive a independência da criança

As crianças aprendem com os acertos e com os erros. Então, não apresse a criança quando ela estiver diante de uma situação desafiadora. Ou nem mesmo tente socorrê-la. “Socialmente, incentive os filhos a terem confiança nas suas habilidades de se livrarem de situações difíceis e fazer escolhas apropriadas. Por último, permita que eles aprendam e cresçam com os erros deles”, diz Grace Geller, diretora de uma pré-escola em Weston, na Florida.

Anúncio

FECHAR

Grace recomenda que o ato de encorajar as crianças a se tornarem independentes pode acontecer no momento de lavar as mãos, assoar o nariz, abrir embalagens de lanchinhos, fechar a mochila ou cobrir a boca ao tossir ou espirrar. Ensine o seu filho a colocar o pijama à noite e escolher a roupa para o dia seguinte. Se ele quiser se vestir sozinho pela manhã, tudo bem, mas lembre-se que, mesmo assim, é provável que ele precise de alguma ajuda.

2. Comece o treinamento no penico

“O penico é um problema muito complexo,” afirma Geller. Depois de se decidir pela pré-escola, pergunte sobre como a questão do penico é trabalhada na instituição. Se ir ao banheiro sozinho for um requisito, veja se o seu filho já está pronto para o treinamento. Se ele não estiver, não force nada. Se o seu filho conseguir manter a fralda seca por uma hora, pode ser o momento de iniciar a adaptação. É importante considerar que “as crianças também devem estar dispostas a começar o desfralde,” diz Geller.

Leia também

Cinco coisas que professores da educação infantil não vão te dizer

Em busca da escola perfeita

Adeus sem lágrimas

3. Fique de olho na organização

Ensine o seu filho a ser organizado. Trabalhe a questão da organização com as roupas e os brinquedos do quarto dele. Kate Dust, professor na Faculdade de Buffalo State, sugere usar cestas e caixas coloridas para colocar itens similares junto.

Depois de brincar, diga a ele que é hora de recolher os brinquedos, colocando cada um em seu lugar. Faça isso cantando, para se tornar uma atividade divertida. Uma vez que o seu filho se acostumou com a rotina, faça-o organizar da forma dele. Lembre-se de sempre elogiar se ele fizer um bom trabalho.

4. Desenvolva as habilidades sociais

A habilidades sociais e não as acadêmicas devem ser prioridades, diz Claire Haas, vice-presidente de educação da Academia Infantil em Abingdon, Maryland. “Ir para a escola é o mesmo que socializar. Quando pensar em pré-escola, considere as seguintes questões: seu filho consegue estar distante de você? Ele está se desfazendo das fraldas? Ele está falando sobre escola?

Algumas habilidades sociais que são necessárias para a ingressão na pré-escola são a partilha, a espera pela sua vez, a brincadeira com mais um amigo. O caminho mais natural para conseguir isso é por meio do contato com outras crianças.

Comece a ensinar tudo isso cedo. Cumprimentar outros, ter maneiras à mesa, não interromper conversas e dizer “por favor”, “obrigado”, e “desculpas”. Essas são maneiras do seu filho de mostrar respeito e consideração pelos outros. Os professores do seu filho ficarão certamente impressionados.

5. Encoraje o preparo emocional

Julie Nelson, ex-professor de pré-escola, acredita que o preparo emocional é muito importante nessa fase da vida da criança. É necessário, ela diz, “ajudar a criança a identificar e processar emoções de uma forma saudável. Quando uma criança exibe uma emoção forte, é melhor não julgar e desvalorizar com frases do tipo: “não aja como um bebê”, ou “você vai me enlouquecer com essas birras.” Uma criança na pré-escola tem dificuldade de entender e colocar os sentimentos em palavras  e se sentir fora de controle nessas situações. Os pais podem ajudar permitindo que a criança expresse as suas emoções. Aprender a fazer isso é algo saudável e importante não só para a pré-escola, como para a vida.

6. Cultive habilidades de comunicação

Falar e ouvir são atitudes extremamente valiosas para o sucesso na escola, e os pais têm oportunidades incontáveis de desenvolver a habilidade da linguagem. “Pode ser falando sobre a rotina ou introduzindo novas palavras e expressões. Os momentos certos surgem com observações das próprias crianças ou de coisas que eles mesmo se interessem. Pode ser difícil quando os pais estão trabalhando, mas momentos para ensinamentos podem ser feitos em poucos segundos ou minutos. O truque é perceber que o que vemos pode ser banal para nós, mas para as crianças são maravilhas e curiosidades,” diz Rebecca Palacios, orientadora do site ABCmouse.com.

Sem culpa de colocar cedo na creche

3 lições para ensinar antes da escola

Adaptação escolar exige parceria entre pais e educadores; Entenda

7. Foque nas informações básicas

Antes da pré-escola, ensine o nome completo do seu filho, o nome dos pais e o nome da rua e o número da casa. Ele talvez até possa decorar o número do telefone de casa. Ensine demonstrando como se faz: teclar o número num telefone de brinquedo e dizendo os números em voz alta. Encoraje o seu filho a fazer o mesmo. Se o seu filho também tiver alergias ou necessidades especiais de saúde, certifique-se de que ele entende a importância de manter a informação acessível numa pulseira ou cartão.

8. Seja também um professor

É muito mais divertido criar oportunidades de introduzir às crianças informações de cores, números e letras do alfabeto. Aponte para as letras e cores em sinais na rua e em músicas. “Como pais, vocês são os responsáveis por criar o lugar de aprendizado, sendo os primeiros professores das crianças,” afirma Rebecca.

E não fique preocupado com as habilidades de aprendizado da criança antes da hora. Com tudo isso garantido, o resto ela terá a oportunidade de aprender na pré-escola.