Criança

6 maneiras de ensinar os filhos a serem pacientes

Como fazer com que as crianças entendam que nem todos os seus pedidos podem ser atendidos imediatamente

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

A paciência é uma habilidade que nós desenvolvemos ao longo da vida. Geralmente a gente tem a ideia de que infância e capacidade de esperar não combinam muito. Quem é mãe que o diga. Frases como : “eu quero agora”, “que demora” nós já chegamos?” costumam fazer parte do vocabulário infantil. Mas esses costumes podem dificultar a relação familiar e ainda prejudicar o desenvolvimento emocional das crianças.

No livro Crianças Francesas Dia a Dia, a jornalista Pamela Druckerman, dá dicas de como ensinar as crianças a terem paciência. De acordo com ela, o segredo não é querer que as crianças fiquem paralisadas e em silêncio, mas que consigam entender que nem todos os seus pedidos podem ser atendidos imediatamente.

Demore mais para responder

Anúncio

FECHAR

Quando você estiver cozinhando ou estiver se dedicando a uma tarefa que não pode parar e seus filhos lhe pedirem para ver o desenho que fizeram, diga com delicadeza que vai olhar em alguns minutos, mostre gentilmente o que você está fazendo e peça que eles compreendam. Isso não apenas torna a vida mais calma. É também o que os franceses chamam de passagem obrigatório para as crianças, quando aprendem que não são o centro do mundo. Ir mais devagar pode fazer com que os filhos lidem melhor com o tédio. A paciência é um músculo, quanto mais se exercita, mais forte fica.

Trate as crianças como se fossem capazes de se controlar

Valorize a inteligência dos seus filhos. Se eles estiverem pegando todos os brinquedos da prateleira e largando pelo quarto, mostre a eles com gentileza como guardá-los novamente. Faça isso com paciência olhando em seus olhos. Afinal, eles precisam de limites, mas também precisam de amor

Não deixe que seus filhos te interrompam

Quando esse tipo de situação acontecer, explique o que está fazendo e diga que irá falar com eles em um minuto. Em seguida, cumpra sua promessa. Continue o que estava fazendo, mas, quando terminar, vá ver o que eles precisam. Se vocês estiverem com outras pessoas, ensine-os que é preciso dizer, “com licença” e “por favor”. Isso faz que as crianças tenham respeito pelos outros.

Encare lidar com a frustração como uma habilidade fundamental

Os pais franceses acreditam que saber lidar com a frustração é necessário para o desenvolvimento. Para eles, uma criança não pode ser feliz se precisar ter as coisas imediatamente e se é vítima constante dos próprios ímpetos. Ensinar às crianças como lidar com a frustração também as torna mais resistentes mais tarde. Considere isso um paradoxo francês: tentar fazer a criança ser feliz o tempo todo vai torná-la mais infeliz mais tarde.

Lide calmamente com as birras

Birras não mudam regras. É importante ter isso em mente, Isso não quer dizer que precisamos ser frios. Mas é importante mostrar solidariedade e deixar que as crianças expressem seu descontentamento. É possível até perguntar qual a solução na opinião deles para aquela situação, levando as limitações em consideração. Em algumas situações, dar mais autonomia quando o filho está chateado pode fazer com que ele mude de humor

Seja paciente ao ensinar paciência

Seu filho não vai virar especialista em esperar em um dia, por isso é importante que você também não espere que essa habilidade se desenvolva de uma hora para outra. Afinal, crianças aprendem pelo exemplo