Criança

6 formas de inspirar a criatividade

Estimular a imaginação do seu filho não vai apenas aumentar as chances dele se tornar o próximo Picasso

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

A arte não serve só para agradar visualmente, ao ajudar seu filho a pensar fora da caixinha, você também o estará ajudando a se desenvolver socialmente, mentalmente e emocionalmente. Criar peças artísticas, ajuda as crianças a desenvolver a habilidade de analisar e resolver problemas de inúmeras formas, de acordo com Ann F. Kohk, autora de “Primary Art: It’s The Process, Not the Product”.

Quando as crianças fazem atividades como pintar ou desenhar, suas habilidades motoras melhoram. Já o contato com diferentes objetos pode ajudá-las a aprenderem matemática básica. Os benefícios são muitos e podem ser adquiridos em atividades simples. Além disso, a sensação de estar criando proporciona muita satisfação e confiança. Veja 6 dicas de como inspirar a criatividade, segundo Leslie Bushara, diretora de educação do Museu de Crianças de Manhattan.

Anúncio

FECHAR

 1. Prepare-se para a bagunça

Arrume um canto da arte para o seu filho, onde ele possa estar livre para experimentar e fazer sujeira! Coloque uma roupa velha ou um jornal embaixo da mesa, para evitar sujar o chão e, se possível, crie esse espaço ao ar livre.

2. Evite dar direcionamentos

Não diga ao seu filho como ou o quê fazer. Ao invés de dizer “pinte um arco-íris”, encoraje-o a “experimentar misturar cores, usando diferentes tipos de pincéis e papéis”, assim você não dita o que ele deve fazer, mas inspira-o a pensar.

3. Fale especificamente sobre arte

Quando falar com seu filho sobre o trabalho artístico que ele fez, tente fazer comentários precisos. Não faça comentários genéricos, como “que bonito!”, mas busque perguntar a ele sobre a escolha das cores e as formas dos desenhos. Tente entender o que ele pensou na hora de desenhar!

4. Explore o processo do seu filho

A melhor forma de você encorajar a conversa sobre a arte do seu filho é com perguntas simples, como “conte-me sobre o que você desenhou” ou “você se divertiu enquanto fazia?”

5. Não desenhe com ele

Quando os pais desenham algo representativo enquanto seu filho está esboçando seus desenhos, isso pode deixá-lo frustrado. Ao invés de desenhar com ele, fique ao seu lado e demonstre interesse pelo que ele está fazendo.

6. Deixe estar

Quando seu filho terminar o desenho, não sugira mudanças ou coisas a serem adicionadas. Para a criança, é importante sentir que ela criou o que é suficiente, ainda que seja apenas um ponto na folha.

Adaptação do texto “6 ways to inspire creativity”, da revista Parents

Assista ao último vídeo da série De Criança Para Criança:

Gostou? Veja mais episódios: