Criança

3 escolas que inovaram na arquitetura para aprimorar o desenvolvimento das crianças

A estrutura da escola influencia no desempenho da criança

Jéssica Anjos

Jéssica Anjos ,filha de Adriana e Marcelo

concept2

(Foto: Alexandre Suplicy)

É comum vermos escolas incríveis e inovadoras ao redor do mundo. Mas você sabia que existem lugares assim aqui no Brasil? Selecionamos três exemplos para você acreditar e se encantar. Nelas até a arquitetura conta para o desenvolvimento dos seus alunos.

Escola Concept

A escola é focada na aprendizagem. “A instituição é resultado de um estudo de mais de três anos para chegar ao projeto final. Nós descobrimos que o espaço físico é muito importante no processo de aprendizado do aluno e queríamos garantir que ele tivesse uma experiência marcante”, afirma Leandro Martins, diretor de marketing do grupo SEB, pai de Chico.

Anúncio

FECHAR

Segundo Leandro, eles buscaram inspiração em nove países. “As principais influências para a arquitetura vieram da Finlândia e Estados Unidos”, exemplifica. O projeto de construção privilegia 100% a mobilidade. Todas as paredes da sala de aula são retráteis, proporcionando para alunos e professores múltiplos ambientes no mesmo lugar. “Também não temos barreira entre analógico e digital. A Concept tem painéis digitais espalhados por todos os ambientes, até mesmo no parquinho!”, explica o diretor de marketing. Em 2017, o grupo quer abrir mais duas unidades em São Paulo e no Rio de Janeiro.

concept3

(Foto: Alexandre Suplicy)

concept

(Foto: Alexandre Suplicy)

sim

(Foto: Alexandre Suplicy)

Escola Eleva

A Escola Eleva é um casarão que já abrigou orfanatos, escolas e espaços dedicados à arte e educação. “Fizemos pesquisas, visitamos várias escolas ao redor do mundo para ver o espaço e como a arquitetura era utilizada”, comenta Antônia Almeida, diretora de Marketing da Eleva, mãe de Catarina e Victor.

A ideia é que todos os espaços tenham aprendizado, colaboração e criatividade. “Um espaço pode servir para mais de uma função”, explica Mariana Bokeou, gerente de Marketing da Eleva, mãe de Lara e Benjamin. Um exemplo é a oficina de protótipo. É um espaço de construção, mas também serve para colaboração, os alunos trabalham juntos.

Antônia conta que na biblioteca, por exemplo, você não vê só cadeiras duras, há também puffs e tapetes, para tornar o ambiente mais acolhedor. “A escola é uma junção do antigo e do novo que nós acreditamos ser inspirados para os nossos alunos”, completa Antônia.

escola-eleva

(Foto: Divulgação)

analice-paron5

(Foto: Analice Paron)

analice-paron13

(Foto: Analice Paron)

Escola Projeto Âncora

A escola fundada por Regina Celi de Albuquerque Machado Steurer e seu marido Walter. No ano passado o Âncora foi eleito uma das 12 escolas mais inovadoras do mundo por uma pesquisa que percorreu o globo inteiro.

Logo na entrada, ao invés de um prédio tradicional, existe uma tenda de circo. A escola também dispõe ateliê de artes, teatro e são os alunos que decidem as atividades que querem fazer e o ritmo dos estudos. O Projeto Âncora não tem salas de aula, todos os espaços são oportunidades de aprendizado para mais de 200 crianças e adolescentes de baixa renda da cidade de Cotia, São Paulo.

projeto-ancora2

(Foto: Divulgação)

projeto-ancora1

(Foto: Divulgação)

Leia também:

A idade certa de colocar o filho na escola

10 curiosidades sobre o desenho do seu filho

6 coisas que o bebê faz dentro da barriga da mãe

Pais&Filhos TV