Criança

25 gestos de boas maneiras que seu filho deve aprender

Ajudar seu filho a seguir algumas regras simples de etiqueta fará com que ele seja notado – e pelos motivos certos

A REDAÇÃO PAIS&FILHOS

Gestos de boas maneiras

Algumas grosserias que seu filho comete não são propositais. Muitas vezes, as crianças não percebem que é indelicado interromper, por o dedo no nariz ou dizer em voz alta que o homem parado na frente delas é careca e barrigudo. Na correria do dia a dia, as mães e os pais mais ocupados nem sempre dão tanta atenção à etiqueta.

Claro, ninguém quer transformar o próprio filho em um pequeno adulto do século XIX, apenas dar a ele direções sobre como se comportar para não deixar as outras pessoas desconfortáveis, afinal boa educação é fundamental! Se você conseguir reforçar essas 25 regras básicas, vai criar uma criança bem-educada, gentil e querida por todos.

Anúncio

FECHAR

Você vai ver que são coisas simples, que acabamos nos acostumando a fazer no dia a dia. Pode ser que seu filho não assimile tudo de uma vez só, mas é importante mostrar que as boas maneiras existem e podem ser aprendidas.

1) Quando pedir alguma coisa, diga “por favor”.

2) Quando ganhar alguma coisa, diga “obrigado”.

3) Não interrompa os adultos que estão conversando entre si a não ser que haja uma emergência. Eles irão te dar atenção logo depois de terminarem a conversa.

4) Se você quer a atenção de alguém imediatamente, a frase “com licença” é o jeito mais educado de você interromper uma conversa.

5) Quando você não souber se pode ou não fazer alguma coisa, pergunte antes e peça permissão.

6) As pessoas não querem saber de crianças que reclamam o tempo todo.

7) Não fale das características físicas de uma pessoa a não ser que você a conheça e que seja um elogio, porque elogios são sempre bem-vindos.

8) Quando alguém te perguntar como você está, responda e retribua a pergunta.

9) Quando você passar um tempo na casa dos seus amigos, não se esqueça de agradecer aos pais deles por terem te recebido bem.

10) Bata na porta se ela estiver fechada e espere ser convidado antes de entrar.

11) Quando você ligar para alguém, diga seu nome e peça para falar com a pessoa para quem você ligou de fato.

12) Diga “obrigado” para todos os presentes que você receber, seja uma bala ou um brinquedo novo.

13) Não diga palavrões. São palavras rudes que deixam as pessoas constrangidas.

14) Não chame as pessoas por apelidos ruins.

15) Não zombe das pessoas por nenhuma razão. Elas podem se magoar e se sentirem inferiores e você estará sendo cruel.

16) Se você estiver em uma festa ou algum programa chato, seja educado e tente se divertir. Não fique emburrado.

17) Se você tropeçar em alguém, peça desculpas imediatamente.

18) Cubra sua boca ao espirrar e bocejar e não coloque o dedo no nariz em público.

19) Quando você passar por uma porta, veja se ninguém está vindo atrás. Se alguém estiver se aproximando, segure a porta para a pessoa passar.

20) Se você notar que seus pais, seus vizinhos ou seus professores estão trabalhando em alguma coisa, ofereça ajuda e ajude no que for possível.

21) Quando seus pais lhe pedirem um favor, faça sem resmungar.

22) Quando alguém te ajudar, especialmente seus professores, agradeça a ajuda.

23) Quando você não souber mexer em alguma coisa, peça ajuda para um adulto e preste atenção para aprender.

24) Quando estiver comendo, mastigue de boca fechada e limpe a boca com o guardanapo.

25) Não dê ordens, peça com gentileza.