Boa Notícia

Justiça autoriza que criança seja registrada por duas mulheres: mãe e madrasta

E essa não é a primeira vez! Caso ocorreu em Minas

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

duas-maes

Uma criança de Paracatu, noroeste de Minas, está registrada como sendo adotada pela madrasta, casada com o pai, e com filiação da mãe biológica, como consta na certidão de nascimento. A madrasta já tinha a guarda da menina, com autorização da mãe, desde que nasceu.

Quem definiu a sentença foi o juiz Rodrigo de Carvalho Assumpção, que reconheceu que a madrasta sempre criou a criança com carinho e afeto. De acordo com o juiz, a madrasta realmente cuida da menina como se fosse sua filha. Por outro lado, ele também não acha que a mãe biológica deva ser restituída do poder familiar.

Anúncio

FECHAR

A decisão só traz benefícios para essa criança, que vai ter duas mães. É isso aí! Família é tudo, seja a família que for.

 

Leia também:

Carinho merece gratidão! Mãe faz homenagem a madrasta de filha e post viraliza

Esqueça os contos de fada! Ter aquela madrasta parceira é tudo de bom para as crianças

9 segredos sobre a gravidez que ninguém te conta (mas deveria)

Pais&Filhos TV