Boa Notícia

Boa Notícia: cientistas criam útero artificial

Dispositivo vai ajudar no desenvolvimento dos bebês prematuros

Carolina Porne

Carolina Porne ,Filha de Sandra e Rubens

1727_prematuro

Foto: Shutterstock

Olha só que bacana: cientistas dos Estados Unidos desenvolveram um útero artificial que pode ajudar e muito no desenvolvimento de bebês prematuros. Trata-se de uma bolsa preenchida por fluido que simula o ambiente do útero e as funções da placenta, o que permite aos recém-nascidos maiores chances de sobrevivência, pois eles permanecem mais tempo no “ambiente uterino”.

 

De acordo com os pesquisadores envolvidos no projeto, cerca de 30 mil bebês, somente nos Estados Unidos, nascem prematuros em estado crítico – entre 23 e 26 semanas de gestação. Nesse período, um bebê pesa um pouco mais do que 500 gramas, seus pulmões ainda não conseguem lidar com o ar e suas chances de sobrevivência são bem pequenas. A taxa de morte é de até 70 por cento, e aqueles que sobrevivem podem enfrentar deficiências por toda a vida.

Anúncio

FECHAR

O útero artificial ainda está em testes e pode demorar alguns anos para estar disponível para a população em geral. No entanto, será muito bacana ver esses pequenos chegando ao mundo em ambientes semelhantes à barriga da mãe, ao invés de incubadoras. Achamos incrível!

 

Leia também:

“Zero! Não trabalhamos com essa palavra”, Giovana Antonelli comenta sobre culpa

Boa notícia: Crianças brasileiras vão expor arte no Museu do Louvre

Milagre da vida: impossível não se emocionar com esse vídeo