Colunistas

Preguiça, não! Cansaço, sim!

Há muitos fatos que justificam as mães ficarem cansadas. Mas, de jeito nenhum, elas podem ser rotuladas como preguiçosas

Na semana passada tive o privilégio de participar do brunch do Culpa, Não!, promovido pela Revista Pais & Filhos. O tema deste encontro não poderia ter sido mais pertinente – “Cansaço é normal”. Moderado pela editora Mônica Figueiredo, o bate papo contou com a presença de 12 mães. Fui convidada como especialista, mas sempre saio desses encontros achando que mais aprendi do que contribui. É muito bom ouvir as histórias, dividir experiências e ver que mães têm uma afinidade incrível. Basta o tema dos filhos vir à tona que as mães parecem que se conhecem desde a pré-escola. 

Assim, inspirada por essa troca fantástica entre as convidadas queria registrar alguns pontos que me chamaram a atenção. 

1. Todas sentem cansaço, afinal, a jornada pós-filhos é intensa. Mas parece que ao mesmo tempo, assumir o cansaço é proibido. Há um temor em deixar transparecer o cansaço e ser vista como uma “mãe menos mãe”.  Isso mesmo! Há um sentimento que atormenta muitas mães – de que mãe que é mãe não se cansa, tem que estar sempre disponível! 

Anúncio

FECHAR

2. O olhar dos outros é o grande inimigo do cansaço das mães. Para algumas é o marido, para outras, a sogra ou um parente. São as pessoas que convivem com a mãe que acabam “apontando o dedo” para elas quando estas expressam algum sinal de cansaço. 

3. Mas tem também o olhar de dentro. A própria mãe se cobra de ser a mulher maravilha e não se permite estar cansada. Ou, pelo menos, tem receio em assumir o desconforto, em primeiro lugar, para ela mesma. Ou seja, há também uma patrulha interna que intimida e esconde o cansaço. Ele está lá, mas não pode ser “revelado” nem para si mesma. 

Ao longo da animada conversa, ficou claro que há outros tantos fatos que justificam, e muito, as mães ficarem cansadas. E que, de jeito nenhum, elas podem ser rotuladas de preguiçosas. 

Mães estão conectadas 24 horas por dia.

Mães dormem pouco, muitas vezes.

Mães amamentam e precisam gastar energia para produzir leite.

Mães (ainda elas) são as principais responsáveis pelas tarefas da casa.

Mães trabalham fora.

Mães, em alguns casos, têm mais filhos – isso pode dobrar, triplicar…o trabalho. 

Mães são, na maioria das vezes, chamadas pelos filhos muito mais vezes que o pai.

 

Depois disso, se alguém ainda achar que mães são preguiçosas, manda prender! Preguiça, não. Cansaço, sim! E sem culpa, por favor! 

Pais&Filhos TV