Colunistas

Grávidos

Não tenho vaidade com esse assunto, eu assumo que chorei durante o ultrassom

Como já contei no post anterior, serei papai de novo.

Claro que tive todas aquelas dúvidas clichês antes de saber da notícia. Será que vou amar tanto o segundo filho, como amo a Nina?

Minhas dúvidas acabaram no primeiro ultrassom. Não tenho vaidade com esse assunto, eu assumo numa boa que chorei durante o exame e até vomitei em uma viagem de carro. A única vergonha foi quando olhei para o banco de trás pra perguntar se a Lu estava bem e ela estava em sono profundo.

Anúncio

FECHAR

Tudo indica que vem um menino por aí. O primeiro indicativo foi a intuição da Mãe e o segundo foi a doutora que fez o ultrassom e disse que pela posição do osso tem 90% de chance de ser menino. Falei pra ela: “Então já posso comprar roupinhas?” E ela respondeu: ‘Não, ainda tem 10% de erro”. Continuei: “Mas 90 é mais que 10… “risos

A Nina está com 4 anos e inevitavelmente vieram as perguntas:

“Como o meu irmãozinho foi parar na barriga da mamãe? Quem colocou a sementinha no umbigo dela?”

Aproveitei e mandei: EU!

Acho injusto aquele papo que diz: “Foi o papai do céu”.  E eu, como é que fico nessa? 
O verdadeiro pai sempre dança nessas versões. Ou foi a tal da Cegonha ou o papai do céu. No way…

A verdade é que estamos muito felizes, curtindo tudo de novo.

A Lu está cada dia mais linda! E ainda bem que está passando muito bem pra cuidar de mim.  Afinal… depois do enjoo, só falta eu ter desejos…

Bjs e Abs do grávido muito feliz!

 

Pais&Filhos TV