Colunistas

A saga da babá

Ike Levy e Luciana Mello entrevistaram 38 candidatas e decidiram ficar sem ajuda nos dois primeiros anos da filha, Nina

Quando conto que entrevistamos umas 38 babás, as pessoas pensam que estamos brincando.

Mas o papo é sério.  Não sei o número exato, mas foi por aí…

Anúncio

FECHAR

Achava um exagero quando as pessoas me diziam que contratavam a babá antes de o filho nascer.  Assim, ela já ia se “familiarizando com os pais” e “poderia lavar as roupinhas do bebê”.

Quando a Nina nasceu, lembrei que existe essa profissional que iria “se meter” no meio da família.  Pelo tom da conversa, vocês imaginam como eu entrevistava as moças. Louco pra achar um defeito e prorrogar a entrada de uma pessoa estranha pra morar dentro da nossa casa e achar que tem o direito de trocar as fraldas da minha filha.

Ouvi cada conversa maluca durante as entrevistas, que poderia escrever um livro. Teve uma que finalmente contratamos, ela dormiu uma noite em casa e se mandou assim que o sol nasceu. Pediu para nos avisar que era muita responsabilidade e que não estava preparada.

Depois dessa, desistimos de ter uma babá. Quando a Lu tinha shows, eu bloqueava minha agenda e ia com elas. Nos hospedávamos em um hotel por perto, pra Lu poder amamentar, e funcionou muito bem.

Hoje podemos dizer que tivemos o privilégio de conviver durante os dois primeiros anos da Nina sem interferência. Tenho certeza que isso terá um reflexo muito positivo, por toda a vida.

Depois desse período, voltamos às entrevistas e encontramos “A pessoa”.

Ela se chama Nazaré e, em pouco tempo, a própria Nina resolveu apelidá-la de: Naza.

Uma pessoa calma, extremamente cuidadosa e carinhosa. Está sempre com um sorriso no rosto.

Ela veio do Piauí, e eu sei bem a saudade que sente da família.Valorizo muito uma pessoa que se afasta “temporariamente” da própria família para cuidar de outra.  

Temos tanto carinho e respeito por ela, que podemos dizer que hoje ela faz parte da nossa família.

Obrigado, Dona Naza, por cuidar tão bem de nossa pequeNINA. Que Deus te dê muita saúde, pois o Tony está chegando com toda energia.  

Pais&Filhos TV