Colunistas

Parabéns, Lorena!

Faz dois anos que a colunista Ivelise Giarolla está aprendendo com a filha, que tem Síndrome de Down

Hoje ela completa dois anos. Já se passaram 730 dias desde seu nascimento. Quatro de fevereiro 2013. Medo do futuro. Hoje o medo do futuro ainda existe. Mas qual mãe que não tem medo de que algo aconteça a um filho? Não sou diferente.

Foi um ano cheio de emoções e aquisições. As dezenas de consultas médicas da Lorena diminuíram, bem como a quantidade de exames. Seu sistema imunológico amadureceu e a pequena não teve tantas viroses, aquelas chatas que acabam com qualquer humor. As sessões de fisioterapia, fonoaudiologia e terapia ocupacional se intensificaram e as conquistas foram se adquirindo dia a dia, no seu ritmo. Iniciou aulas de música e adora. Progrediu na escola regular, com suas dificuldades peculiares, sem ser taxada de “café com leite”. Enrastinhou, engatinhou, firmou em pé, mas nada de andar, continuamos na expectativa. Chama “mamã”, por vezes “papá”, ora “au-au”, nada além disso, mas se faz entender. Ama uma bagunça. Tem um ótimo convívio social. Sabe ficar brava quando não está a fim de algo. Ah! A birra: fase que não conseguimos pular.

Mais um ano se passou. Foi fácil? Não. Muitas questões a serem resolvidas. Reuniões escolares e com terapeutas. Intensa troca de informações com outros pais e médicos. O que será melhor para minha filha? Estarei falhando em algo? Não sei. E esse “não sei”, para uma mãe ansiosa, multiplica uma questão em um milhão.

Anúncio

FECHAR

Mas as dificuldades não superam as alegrias. Por várias vezes que derramei lágrimas me arrependi após receber o olhar da pequena. Confesso que já me senti envergonhada olhando para ela. Ela me parece tão amadurecida apesar da pouca idade. Quantos ensinamentos! Sem ao menos falar uma palavra, ela me transmite paz, me equilibra emocionalmente e me diz em silêncio: “tenha calma que eu vou conseguir, por favor mamãe não se desespere”.

E assim aguardo ansiosamente pelo terceiro ano de nossa flor. Foram dois anos vividos intensamente. Muitos aprendizados, conquistas, acertos. Muitas palavras amigas e sábias. Nessa faculdade que estou cursando agora, a faculdade “Vida”, tenho me esforçado muito e até tirado boas notas! Quando penso e repenso meus atos e vejo a felicidade no rosto da pequena sei que faço meu melhor. E ela também sabe.

#tamojunto, como diz o jargão. Sim filha, estaremos juntas, eternamente.

Parabéns por mais esse ano de vida, pequena grande Lorena! Te amamos muito! Beijos carinhosos da mamãe, papai e Marina. Que sua vida seja recheada de conquistas e felicidades! Agradecemos por existir.

Pais&Filhos TV