Bebês

Tudo que você precisa saber antes de amamentar

10 coisas que você precisa saber antes de dar de mamar

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

Tradução e adaptação por Marianna Perri, filha de Rita e José

Os primeiros dias de agosto serão marcados pela campanha mundial de aleitamento materno, promovida pela World Alliance for Breastfeeding Action. Este é o 19º ano da campanha, que terá como tema principal os três elementos principais do aleitamento: tempo, lugar e comunicação.

Segundo a organização, a comunicação é essencial para promover, proteger e dar suporte à amamentação, além de espalhar as informações sobre a importância do aleitamento em todo o mundo.

Anúncio

FECHAR

Para incentivar a amamentação, separamos as 10 coisas que toda mãe deveria saber antes de amamentar. Confira!

Leite materno é muito saudável
Ninguém é obrigado a amamentar o filho, mas você deve conhecer os benefícios do leite materno. Ele contém anticorpos que não poderão ser produzidos, o que reduz os resfriados nas crianças, sinusites e infecções de ouvido. Os bebês que são amamentados também têm menos diarréia, constipação e alergias.

Saúde também para a mãe
A amamentação pode ajudar a mulher a prevenir câncer de ovário e seios, além de aumentar os laços entre mãe e filho. O aleitamento libera hormônios, como a prolactina, que deixa o bebê tranqüilo, e a oxitocina, que ajuda nas contrações do útero. Amamentar ainda queima calorias.

Amamentar é difícil
Considere fazer uma aula de amamentação durante a gravidez, e esteja preparada para pedir ajuda quando o bebê chegar. Nos primeiros dias, você deve se sentir dor. Mas, com o tempo, o desconforto deve ir embora.

Apesar disso, não ignore a dor: um nó dolorido no peito, acompanhado de vermelhidão, pode ser sinal de algum problema nos dutos de leite, que podem gerar mastite, uma infecção que só é tratada com antibióticos.

[!page]

Economia
Além de ser saudável, amamentar fará com que você economize em fórmulas prontas. Afinal, o leite materno é de graça!

Você é fonte de alimentação, controle-se
Continue tomando vitaminas, cálcio e beba bastante água durante o dia enquanto está amamentando. Você gastará de 300 a 500 calorias extras enquanto está produzindo leite, então aprenda a relaxar (já que o estresse afeta a amamentação). Tome um banho morno, sente numa poltrona e lembre-se de respirar quando dá de mamar para seu filho.

Se você precisar tomar algum remédio, pergunte ao seu médico. As mães estão liberadas a tomar um drinque de vez em quando, mas lembre-se de dar, pelo menos, duas horas de intervalo entre a bebida e a mamada.

Amamentar é conveniente
Nada de esquentar o leite, mamadeiras sujas ou compras desesperadas durante a noite. O leite materno já está pronto, na temperatura ideal, e disponível a qualquer hora do dia ou da noite.

As viagens também se tornam mais fáceis, já que você estará ao lado do seu bebê para alimentá-lo sempre que ele pedir. Mas, se você está sobrecarregada com esta responsabilidade e precisa de um tempo…

… Leite materno e fórmula podem ser uma opção
Se a mãe precisa trabalhar, mas não quer deixar de amamentar, combinar o leite materno com uma fórmula pode ser uma opção. Mas saiba que, com a diminuição das mamadas, sua produção de leite também diminuirá.

Motivos para ordenhar
Inicialmente, muitas mães ordenham o leite para estimular a produção. Mas se o bebê teve uma boa noite de sono e você acordou cheia de leite, aproveite para guardar o alimento para futuras emergências.

Além disso, também existem as ordenhas ocasionais. Encha uma garrafa, e o pai também poderá acordar durante a noite para dar de mamar, ou então sair sem o bebê sem se preocupar com as refeições dele.

Se você trabalha o dia todo, mas conta com intervalos para amamentação, use este tempo para ordenhar seu leite para o pequeno. As bombas elétricas poderão tornar o processo mais rápido.

De repente, o fim
Em alguns casos, o bebê perde o interesse. Em outros, a mãe se cansa primeiro. Por isso, ter outra pessoa para dar de mamar para o bebê ajudará a transição do peito para a mamadeira.

Todo mundo é diferente
Não há certo ou errado na amamentação. Faça o seu melhor e siga em frente.

Fonte: Parents

Pais&Filhos TV