Bebês

Respira, bebê

Nascer de parto natural pode ser bem melhor para o bebê, mesmo antes do tempo

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

Um novo estudo mostrou que até mesmo os bebês nascidos prematuramente são beneficiados pelo parto natural, já que a cesárea pode interferir no desenvolvimento do pulmão dos pequenos.

Tudo que você precisa saber sobre o pulmão do seu filho

Os pesquisadores descobriram que os bebês pequenos, nascidos através da cesárea e antes da 34ª semana de gestação, tinham mais chances de desenvolverem síndrome de sofrimento respiratório do que aqueles nascidos de parto natural no mesmo período gestacional.

Anúncio

FECHAR

A pesquisa, chamada de Métodos de Nascimento e Resultados Neonatais para bebês prematuros ou pequenos para a idade gestacional, foi comandada pela escola de medicina Johns Hopkins, dos Estados Unidos.

Foram analisados 2.560 bebê que estavam abaixo do tamanho esperado durante o desenvolvimento gestacional e que nasceram prematuramente. Cesáreas são comuns para bebês diagnosticados com restrições de nascimento intrauterinas.

Os pesquisadores mostraram que aqueles nascidos através cesárea antes da 34ª semana de gestação têm 30% mais chances de desenvolverem a síndrome de sofrimento respiratório do que aqueles nascidos de parto natural nas mesmas condições.

Partos prematuros, realizados antes da 37ª semana de gravidez, estão entre as principais causas de morte entre os recém-nascidos, e um milhão de crianças morrem em todo mundo a cada ano por nascer antes do tempo.

Os bebês que sobrevivem sofrem com os problemas de saúde relacionados ao parto ao longo da vida, como complicações respiratórias, atrasos mentais, dificuldades de aprendizado, entre outros.

A March of Dimes defende que, se a gestação é saudável e sem complicações que exijam um parto prematuro, a mãe deve entrar em trabalho de parto naturalmente, ou esperar até, pelo menos, até a 39ª semana de gravidez. Muitos dos órgãos dos bebês, incluindo o cérebro e os pulmões, não estão completamente desenvolvidos até este período gestacional.

Pais&Filhos TV