Bebês

Personalidade dos bebês

Você sabe identificar as necessidades do seu filho?

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

 

 
Psicóloga explica porque observar e dar atenção aos filhos enquanto são bebês é fundamental para desenvolver sua personalidade
 
Cuidado que as mães dedicam aos filhos pode contribuir com o desenvolvimento da sua individualidade
Ninguém nem precisa te falar que o seu bebê tem personalidade própria desde cedo. Isso você já sabia, ou desconfiava. Mas você sabia que o cuidado que você dedica a ele e o próprio ambiente em que vocês vivem ajudam a desenvolver a sua personalidade no início da vida?
De acordo com a psicóloga Cynthia Boscovich, mãe de Bruno e Giovanna, o ambiente de um recém-nascido é restrito, logo, o mundo do pequeno é a própria mãe, e um pouco depois, o pai e outras pessoas que convivem com ele também. 
É por isso que a atenção da mãe, ou alguém que a substituia, nos primeiros meses de vida é essencial para que as crianças tenham condições de desenvolver características próprias que as diferenciam das outras.
“A mãe deve conhecer o seu filho e saber do que ele necessita. Ela deve estar voltada para estas necessidades e atendê-las de um determinado modo, que saberá de acordo com sua intuição, justamente por estar dedicada ao seu bebê.”
Como sabemos, com essa dedicação, você será capaz de reconhecer o que cada choro do seu bebê quer dizer, se está com sono, com a fralda suja, se quer mamar ou se está com alguma dor. E assim, poderá providenciar com tranquilidade os cuidados que ele necessita. 
Logo depois que você e seu bebê se adaptarem um ao outro e você reconhecer esses sinais relacionados ao choro, você passará a perceber as características mais específicas dele, como o que ele gosta mais ou tolera menos. 
Segundo a psicóloga, o padrão de cuidados prestados ao bebê contribuem com o desenvolvimento de sua personalidade, entretanto desde muito pequenos observamos diferenças que caracterizam os bebês.
Por exemplo, alguns bebês são mais risonhos e abrem o sorrisão pra todo mundo, enquanto outros sorriem para poucas pessoas ou são bem sérios. Tem aqueles que preferem um ambiente cheio de gente, sons e cores, outros se irritam nestes ambientes. "O choro do bebê, que é a maneira que ele tem de se comunicar com o mundo, também demonstra sua personalidade e nestas horas se observarmos os bebê , perceberemos que cada um tem a sua maneira própria de chorar”.
Ao se dar conta dessas características de sua personalidade, você vai percebendo mais ou menos como é o seu bebê é lhe dá oportunidades de se expressar. “Tais cuidados contribuem para segurança e tranquilidade da criança poder exercitar a sua individualidade e autonomia à medida que for crescendo.” 
 
 
Consultoria
Cynthia Boscovich, mãe de Bruno e Giovanna, é psicóloga clínica e  psicanalista. www.cuidadomaterno.com.br

Pais&Filhos TV