Bebês

Os estágios dos brinquedos

A cada mês, seu filho está pronto para novos desafios. Veja o brinquedo adequado

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

A cada mês, o seu filho desenvolve novas noções de espaço e de brincadeiras. Confira como o cérebro dele funciona e o que cada fase significa

Tradução e adaptação por Marianna Perri, filha de Rita e José

Anúncio

FECHAR

Você já deve ter reparado que seu filho gosta mesmo dos brinquedos mais simples: bolas, tampas de panela, potes de plástico, enfim. Objetos normais que conquistam as crianças e fazem os brinquedos coloridos, cheio de luzes e sons, fiquem em segundo plano.

Brincar, para os bebês, além de ser uma maneira de entretenimento, é também uma forma essencial de desenvolvimento motor e intelectual das crianças. É desta maneira que eles aprendem a engatinhar, andar, falar, construir, cantar, desenhar e fazer amigo.

Além de atrair mais a atenção das crianças, os brinquedos mais “simples” também são mais versáteis, não tendo limite de idade para a brincadeira. Confira como seu filho se desenvolve diante de cada brinquedo e divirta-se com ele!

Bola

6 meses: seu bebê irá olhar para o brinquedo intensamente, e também sentirá as diferentes texturas do objeto.

12 meses: ele já consegue sentar no chão e rolar a bola com você. Seu filho deverá ainda conseguir joga-la para longe, sem um alvo específico.

18 meses: o pequeno já é capaz de atirar a bola diretamente para você.

2 anos: seu filho já tem habilidade de chutar e driblar a bola com os pés. O baixo centro de gravidade dos pequenos faz com que eles sejam jogadores de futebol naturais.

3 anos: ele já é capaz de brincar com bolas maiores e carrega-las pela casa. Algumas crianças já conseguem chutar a bola em alvos específicos.

Dica de segurança: cuidado com o tamanho da bola, principalmente se ela passar pelo tubo de papelão do papel higiênico. Não deixe seu filho brincar com aquelas bolinhas de borracha encontradas em máquinas.

[!page]

Blocos de madeira

6 meses: bebês adoram “comer” e abraçar os blocos de madeira.

12 meses: ele descobre que ele consegue fazer barulhos quando choca dois blocos juntos. Ele também ficará muito feliz quando destruir a obra de arte que você fez com os blocos.

18 meses: eles já conseguem empilhar os blocos.

2 anos: seu filho já tem uma estrutura maior e a coordenação dele é melhor. Ele consegue empilhar de quatro a sete blocos, e separa-los de acordo com a cor. Além disso, ele conseguirá transformar um cubo de maneira em um carro ou barco.

3 anos: ele já consegue fazer estruturas com os blocos, parecidas com prédios, pontes de túneis de verdade.

Dica de segurança: Verifique a qualidade e a resistência do bloco de madeira, para que ele não solte lascas na boca ou nas mãos do seu filho.

Pesquisas demonstram que as crianças passam mais tempo descobrindo os objetos e fazendo atividades complexas com ele quando elas brincam com os pais. Então, pegue seus blocos de madeira e entre na brincadeira.

[!page]

Giz de cera

6 meses: bebês desta idade ainda são muito pequenos para brincar com o objeto.

12 meses: seu filho já consegue segurar um giz de cera e fazer alguns rabiscos.

18 meses: desenhe com seu filho, ele imitará seus movimentos.

2 anos: seu filho já gostará de sentar e desenhar com o giz.

3 anos: seu filho começa a mostrar seus talentos artísticos. Ele já conseguirá fazer um círculo, uma cruz, e desenhar um retrato seu com mais de uma parte do corpo. Nesta idade, ele já conhece algumas cores e pode copiar algumas letras.

Dica de segurança: confira a qualidade do giz de cera e verifique se eles são feitos de elementos não-tóxicos.

Alguns especialistas sugerem que você quebre o giz ao meio para que seu filho aprenda como se segura um lápis.

[!page]

Bichos de pelúcia

6 meses: seu bebê irá explorar as texturas do objeto através de carícias e mordidas.

12 meses: a criança já leva o bicho com ele. Nesta idade, algumas crianças ficam muito ligadas ao objeto e querem dormir com ele.

18 meses: ele já conseguirá imitar os sons referentes ao bicho de pelúcia.

2 anos: com essa idade, a criança já fará atividades básicas com o bicho, como alimenta-lo ou leva-lo para passear.

3 anos: Seu filho começa a criar mundos fantásticos para o bicho de pelúcia, transformando-o em outros animais e criando histórias fantásticas.

Dica de segurança: bichos de pelúcia podem acumular poeira e outros alérgenos, que podem causar irritação na pele ou problemas de respiração na criança. Para evitar problemas, lave o bicho sempre.

Algumas crianças perdem o interesse nos bichos de pelúcia, e começam a procurar brinquedos que se mexam sozinhos.

[!page]

Jogos de montar

6 meses: bebês gostam de transferir peças do jogo de montar de uma mão para a outra e morde-las como uma bolacha.

12 meses: nesta idade, as crianças se divertem derrubando as peças pelo chão.

18 meses: com a sua ajuda, a criança consegue colocar as peças maiores nos espaços indicados.

2 anos: seu filho já conseguirá completar jogos de montar básicos. Ele também consegue montar quebra-cabeças simples de três peças.

3 anos: a habilidade de resolver problemas já estará desenvolvida, e seu filho conseguirá montar jogos de até oito peças.

Dica de segurança: cheque regularmente se os pedaços estão inteiros, e verifique se o jogo é feito de material não-tóxico.

[!page]

Instrumentos musicais

6 meses: se você tem um tambor ou bateria, seu filho irá se divertir enquanto batuca, sem muita habilidade.

12 meses: ele começará a batucar em qualquer coisa que faça barulho, como panelas e potes de plástico.

18 meses: seu filho já seguirá a música, mas não espere muito senso de ritmo. Ele também conseguirá as baquetas e usa-las como um tamborim.

2 anos: o pequeno conseguirá brincar com as teclas do piano, tocar uma guitarra imaginária ou tocar uma bateria, já que imitará seus movimentos ao tocar algum instrumento.

3 anos: se seu filho tem talento para a música, ele gostará de aprender instrumentos de sofro, como a flauta.

Dica de segurança: confira se os instrumentos de brinquedo que você comprará são feitos de material não-tóxico, já que provavelmente colocará os objetos na boca.

Fonte: Parents

Pais&Filhos TV