Bebês

“Mãe, pai, quero colo!” Devemos sempre atender a esse pedido?

Entenda se o contato físico constante é saudável para a criança

Isabela Kalil de Lima

Isabela Kalil de Lima ,Filha de Kátia e Fabio

Os bebês se sentem mais calmos e seguros no colo da mãe (Foto: Shutterstock)

Os bebês se sentem mais calmos e seguros no colo (Foto: Shutterstock)

Muitas vezes confundido com manha, o colo é mais importante para as crianças do que se pensa. De acordo com Christine Bruder, mãe de Isabella e Paulo, e psicanalista fundadora do Primetime Child Development (Centro de Desenvolvimento para bebês de 0 a 3 anos), é natural o filho buscar pelos pais para se sentir seguro e acompanhado. “O bebê passa muitos meses dentro da barriga da mãe e se sente constantemente abraçado e em movimento, ouvindo os batimentos cardíacos e a voz da mãe. Ser embalado no colo é a sensação mais próxima do útero”, explica.

Leia mais: 

Nove maneiras do seu filho dizer “Eu te amo”

Anúncio

FECHAR

Por que os bebês choram?

O dia em que me deitei no meu colo

A psicanalista acrescenta ainda que o colo é uma forma dos pais ensinarem ao bebê como se acalmar, já que ele não entende, nem controla o que se passa quando sente frio, sono, fome, cansaço, medo, tédio ou raiva. Por isso, ele precisa que alguém mais experiente o oriente a regular as emoções para que futuramente ele faça esse papel. “O tom de voz baixo e meloso, o balanço suave e a carinhosa contenção física ajudam nisso e também a desacelerar a respiração”, conta.

O colo é uma forma dos pais ensinarem ao bebê como se acalmar (Foto: Shutterstock)

O colo é uma forma dos pais ensinarem ao bebê como se acalmar (Foto: Shutterstock)

Ainda assim, é preciso ficar atento ao momento em que as crianças pedem colo, principalmente as mais velhas. É normal que elas procurem afeto ao sentirem incômodo físico ou emocional, mesmo que não saibam explicar o porquê. No entanto, se o pedido acontecer com muita frequência, talvez algo não esteja bem com este pequeno. Neste caso, os pais precisam procurar aconselhamento psicológico para ver se está.

Choro não! Porque você não deve deixar a criança chorando até cansar

O que pode estar por trás do choro do seu bebê

Também é importante ficar de olho em quem procura o colo. “Não existe limite ou contraindicação, porém é melhor que aconteça pelo desejo da criança e não para atender apenas a necessidade dos pais”, alerta psicanalista.

10 preocupações com recém-nascidos

Tudo sobre o sono do seu bebê