Bebês

Banheira ou ofurô? Entenda os benefícios de botar o bebê no balde

Você vai se arrepender de ainda não ter feito isso

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

untitled-design-1

(Foto: Shutterstock)

Banho é uma coisa que deixa nós pais bem relaxados, mas você já pensou na ideia para o seu bebê? Isso mesmo! Mas não estamos falando banho na banheira com sabonete, mas sim do banho no ofurô ou banho no balde.

A prática de imergir o bebê até o ombro com água dentro de um balde é antiga, mas tem dado que falar recentemente. Apesar da moda, é superindicado pelos médicos. O ginecologista e obstetra Ricardo Freire, pai de Manuela e Vinicius, é dos profissionais que aconselham.

Ele explica que o banho no ofurô faz o bebê pensar que está dentro do útero e lembrar da segurança e do conforto que sentia lá. “Por isso é indicado para aqueles dias em que o bebê está mais choroso ou irritado”, aconselha o médico. Durante o banho, o bebê pode até cochilar tamanho relaxamento

Anúncio

FECHAR

Sendo a única intenção remeter ao ambiente intrauterino, não é preciso colocar nada de essência ou sabonete dentro da água, que deve estar a uma temperatura entre 36ºC e 37ºC. O bebê deve permanecer ali até por 15 minutos, no máximo. Isso porque a pele do bebê é mais fina do que a nossa e a água quente pode tirar a barreira protetora.

Antes de ser colocado no balde, o bebê deve estar limpo. Então, banho na banheira convencional antes! Outra orientação do Ricardo é sempre segurar bem o bebê, para que ele não caia dentro do balde.Ele ainda indica que se faça uma consulta com o pediatra antes de botar o bebê no balde em casa.

Leia também:

Pra ficar fortinho! Conheça alimentos que fortalecem a imunidade

Anne Guedes reencontra bebês fotografados por ela

37 perguntas divertidas para iniciar uma conversa com seu filho

Pais&Filhos TV