Bebês

7 passos para diminuir o drama da escovação

De acordo com uma enquete realizada por nós, 35% das crianças pequenas choram ao escovar os dentes. Se você também passa por isso, a gente te ajuda!

Carolina Piscina

Carolina Piscina ,filha de Ana Maria e Osvaldo

 

Nós realizamos uma enquete em nossa página no Facebook, perguntando às mães se seus filhos pequenos choravam ao escovar os dentes. O resultado foi de que 35% das crianças choram, fazem escândalo, mordem a escova, não deixam escovar os dentes de cima, trancam o maxilar e viram a cabeça. No meio disso tudo, ainda tiveram as mães que pediram socorro e aqui estamos para ajudar a tornar esse momento menos complicado.

 

Anúncio

FECHAR

1. Só na emoção

A primeira coisa que a mãe deve saber é que uma criança de até 3 anos não sabe colaborar racionalmente. Ou seja, mostrar as fotos de dentes careados e fazer ameaças psicológicas não vai surtir o efeito que você deseja.

 

2. Rotina

Um dos grandes problemas na hora da escovação é que a criança é pega de surpresa. Crie um horário específico para esse momento, por exemplo, toda vez que trocar a fralda ou logo após a mamada. A falta de rotina acaba deixando a criança nervosa, por isso é importante deixar bem determinado quando os dentes são escovados.

 

3. Tem escândalo sim

Escovar os dentes não dói, mas para a criança é desagradável. Sendo assim, ela vai chorar, espernear e travar o maxilar. Mas calma. A principal dica é apoiar a cabeça da criança e evitar forçar que ela abra a boca. Se você colocar a criança deitada, a boca dela já vai abrir com maior facilidade e você vai conseguir escovar muito melhor.

 

4. Jeitinho

Não adianta você ter a escova mais cara e macia da farmácia e não usá-la com delicadeza. Ao deitar o seu filho, segure a escova com uma mão e use a outra para afastar os lábios e as bochechas, escovando sempre em movimentos circulares e colocando a escova pelo lado de fora, entre a bochecha e o dente.

 

5. Ele não para

Tem algumas crianças que precisam ser seguradas na hora de escovar os dentes e isso não gera trauma, então nada de desculpas para não higienizar a boca do seu filho. Contar sobre os bichinhos que vão ficar na boca dele, cantar uma música ou até mesmo contar uma história pode fazer com que ele se acalme.

 

6. Dedo ou mordedor?

Na hora de escovar os dentes pode ser que seu filho queira se defender usando a técnica milenar de morder o seu dedo. Isso é normal e ele também pode querer morder a escova. Caso isso aconteça, preste atenção na forma como você está colocando o objeto na boca dele. Se não melhorar, coloque o seu dedo indicador lá no fundo da boca dele, onde acabam os dentes e só tem gengiva. Dessa forma a boca dele vai ficar aberta e você vai evitar as mordidas.

 

7. Quando começar

Com o nascimento do primeiro dente, é necessário iniciar a escovação e consultar um odontopediatra, que irá te instruir sobre a melhor escova, como escovar e ajudar a encontrar a melhor forma para fazer a escovação dos dentes do seu filho. 

 

Consultoria: Thelma Parada, odontopediatra, mãe de Guilhermina.