Bebês

7 coisas que você não sabia sobre amamentação

Antes de perder os quilos extras da gravidez, saiba: na primeira semana, dieta rica em carboidratos ajuda a produzir leite

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

Conversamos com a enfermeira pediatra Eneida Bittar, mãe das gêmeas Julia e Beatriz e de Daniel, no evento da Philips Avent, que rolou essa semana. Com grande experiência como especialista em aleitamento materno pela Universidade de Los Angeles UCLA, ela nos deu ótimas dicas sobre amamentação. “A mãe precisa de colo nos 10 primeiros dias e saber que os desconfortos são iniciais. Dói mesmo, mas depois passa”, disse.

1. Depois de controlar sua alimentação durante 9 meses, agora que seu bebê nasceu chegou a hora de alimentar-se pelo menos 7 vezes nas 24h, tomar pelo menos 3 litros de líquido ao dia e repouso sempre que possível. Segundo Eneida Bittar, na primeira semana do bebê, a mãe deve fazer uma dieta de carboidrato. Isso mesmo, muito macarrão. Isso vai ajudar a produzir mais leite. Ela recomenda uma dieta de 2.400 a 2.600 calorias por dia. Certos minerais, como ferro e cálcio, também são importantes para a amamentação, assim como as vitaminas. Continue a tomar durante a amamentação a mesma vitamina que usou durante a gestação.

Anúncio

FECHAR

2. Você com certeza já ouviu falar de algumas táticas para fortalecer os bicos dos seios para a amamentação, como tomar sol. “Mas não adianta engrossar a pele, é a pega correta que faz a diferença”, explica Eneida. “Não coloque o bebê para mamar nos primeiros dias sem a enfermagem ao lado”, completa.

3. Não use absorvente descartável no seio nos primeiros dias. Toda mãe, ao amamentar, perde a primeira camada do mamilo. O pad descartável solta fibra de algodão e isso pode causar contaminação. Para não correr o risco, passe pomada de lanolina 100% purificada e use o pad lavável. Troque quando sentir que está molhado.

4. Se seu bebê é muito sonolento e demora a acordar para mamar, coloque gotinhas de leite na sua boca, mesmo dormindo. “Depois de 24 horas, ele vai começar a acordar com mais facilidade, pois percebe que tem fome”, explica Eneida.

5. Se seu bico está ferido, o extrator ajuda a melhorar. O truque é passar bastante lanolina antes de usá-lo, para deslizar bem. A bomba elétrica ou manual de boa qualidade deve ser usada com recomendação, antes de ordenhar o leite passe lanolina 100% purificada.

6. Quando decidir usar a mamadeira, meça o palato (céu da boca) do bebê (uma enfermeira pode te ajudar nisso) para conseguir escolher a mamadeira certa. O bico dela deve ter o mesmo comprimento do palato, assim, o trabalho do bebê para mamar na mamadeira vai ser semelhante ao que ele faz durante a amamentação. Ou seja, vai poder tomar a mamadeira sem desmamar.

7. Ainda em relação à mamadeira, o bebê deve encostar a ponta do nariz e o queixo na hora de abocanhar, como se estivesse no peito mesmo. Se ficar só no bico, ele não faz força nenhuma. E, aí, é mais provável que ele largue o peito. A média de tempo para tomar uma mamadeira de 30 ml é entre 15 e 20 minutos. Se estiver mais rápido que isso, já sabe: está fácil demais.