Pais

A luta é brava! Essa geração de pais está tentando ficar menos conectada

Para priorizar a relação com os filhos, menos tempo no celular e mais interação real

selo-240x89
Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

(Foto: Shutterstock)

(Foto: Shutterstock)

Você usa o celular enquanto está olhando as crianças? Se sim, você está entre a maioria, mas você pode repensar a sua relação com o aparelho. Um estudo recente mostrou que 70% dos pais e babás usam o celular enquanto estão no parquinho com as crianças. Entretanto, alguns pais estão lutando contra essa dependência tecnológica.

O jornal Boston Globe publicou um artigo esse mês sobre os benefícios do slow parenting. O conceito é: vamos parar de encher os dias de coisas para poder focar nos benefícios do “tempo livre”. Vamos desligar nossos celulares e tirar um tempo para aproveitar a família.

Megan Neujoks, mãe de três, está fazendo um esforço consciente para ter um estilo de vida mais devagar. A família dela agora tem dias livres de tecnologia, que se provaram muito úteis para todos os envolvidos. “Eu descobri que consigo parar de focar no que as outras pessoas estão fazendo [nas redes sociais], sou capaz de focar em mim mesma e desacelerar”, conta Naujoks.

Anúncio

FECHAR

Os pesquisadores descobriram que o principal motivo para os adultos procurarem os celulares é o tédio. Dá para entender que você não quer ver o seu filho brincando na balança pela milésima vez, mas existe valor em conversar com seu vizinho ou então ler uma revista e o caminho para se conectar mais com a criança.

Esse e outros assuntos serão discutidos no nosso Encontro Conexões, que acontece no dia 19 de novembro.

Leia também:

Demais! Encontro Pais&Filhos vai mostrar a relação das crianças com a internet

As novas regras do jogo: como usar a internet do jeito certo

Fique alerta: Eletrônicos afetam desenvolvimento da linguagem dos bebês

RodapéMatérias_v3