Bebês

Crianças com cabeças grandes podem ser mais inteligentes, diz estudo

Sucesso no futuro tem relação com o perímetro cefálico

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

cabeca-grande

(Foto: Shutterstock)

Um novo estudo realizado pela instituição de pesquisa UK Biobank, do Reino Unido, mostrou que o tamanho da cabeça de bebês tem ligação com a capacidade cognitiva. Bebês com cabeças grandes são mais propensos a serem inteligentes e terem sucesso no futuros, de acordo com a pesquisa publicada na revista “Molecular Psychiatry”.

Meio milhão de britânicos estão sendo monitorados pela instituição para descobrir a conexão entre seus genes e sua saúde física e mental no futuro. A evidência mais recente foi a relação do tamanho da cabeça com a inteligência.

O professor que está liderando a pesquisa, Ian Deary, da Universidade de Edimburgo, na Escócia, disse que variantes genéticas também foram fortemente associadas com inteligência. “Foram observadas associações altamente significativas nos resultados dos testes cognitivos na amostra da UK Biobank, inclusive volume intracraniano, perímetro cefálico infantil e capacidade cognitiva na infância”, afirmou no artigo publicado na revista.

Anúncio

FECHAR

Leia também:

Pais atraentes normalmente têm filhas e não filhos, mostra estudo

Criança herda inteligência da mãe, diz estudo

Estudo mostra que crianças desobedientes têm mais chance de se tornarem CEO´s