Mais

A tampa do útero

As mulheres não conhecem o tampão mucoso e se assustam quando ele é eliminado

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

Qualquer vestígio mínimo de eliminação de sangue durante a gravidez preocupa as futuras mães, ainda mais quando o momento do parto se aproxima. Mas é exatamente nessa hora que o corpo da grávida irá eliminar uma estrutura gelatinosa conhecida como tampão mucoso e que costuma vir acompanhada de raias de sangue.

O tampão mucoso fica no colo uterino e funciona como barreira física a bactérias e germes, protegendo a parte interna do útero. Quando a região começa a dilatar, para que ocorra o encaixe da cabeça do bebê, é natural que o tampão se solte e seja eliminado pela vagina. É comum que isso aconteça, em média, três dias antes do nascimento do bebê. Mas nem sempre é assim: “Tampão eliminado significa bebê encaixado e isso pode anteceder, ou não, o trabalho de parto”, explica a ginecologista e obstetra Viviane Monteiro, mãe de Pedro. Há casos em que ele sai e a mulher não entra em trabalho de parto; em outros, ele ainda não saiu, mas a futura mãe já está para dar à luz, como geralmente ocorre nos partos prematuros.

O aspecto do tampão é bem gelatinoso, com um pouco de sangue, mais parecido com secreção do que com menstruação. “Um motivo para que muitas mulheres não percebam a eliminação do tampão mucoso é exatamente porque já existe bastante secreção vaginal fisiológica (mucorreia) no final da gestação”, diz o ginecologista e obstetra Domingos Mantelli Borges Filho, filho de Domingos e Anna Maria. Além disso, nem sempre o tampão é eliminado de uma só vez, situação em que seria mais fácil reconhecê-lo. Ele pode levar semanas para deixar completamente o útero da mulher, saindo em pequenas doses. Esse caso é mais comum nas mulheres que já tiveram filho, devido à dilatação residual da gestação anterior.

Anúncio

FECHAR

Se seu tampão for eliminado cedo demais, evite relações sexuais, capriche na higiene íntima e tome cuidado com qualquer contato externo com a região, até mesmo com o chuveirinho do banho. Não é preciso fazer repouso. Lembre-se de que o tampão é uma estrutura de proteção de seu corpo e que te deixa mais vulnerável a germes e bactérias quando eliminado. Sempre comunique o fato a seu médico e siga as orientações dele. E fique atenta, pois, a partir da 30ª semana de gestação, o tampão já pode dar as caras e te deixar ainda mais ansiosa para a chegada do bebê.

Consultoria: Domingos Mantelli Borges Filho, filho de Domingos e Anna Maria, é ginecologista e obstetra, www.domingomantelli.com.br / Viviane Monteiro, mãe de Pedro, é ginecologista e obstetra, membro da Sociedade de Ginecologia e Obstetrícia do Rio de Janeiro (SGORJ).

Pais&Filhos TV