Gravidez

Não para! Exercícios na gravidez só trazem benefícios

Desde que você respeite seus limites e siga as orientações médicas, pode se exercitar à vontade

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

(Foto: Shutterstock)

(Foto: Shutterstock)

Fazer exercício físico é importante em qualquer idade e fase da vida, inclusive na gestação. Praticar uma atividade nesse período ajuda a diminuir o ganho de peso, evitar diabetes, pré-eclâmpsia e até a reduzir riscos na gestação. Por isso mesmo que muitos médicos recomendam essa prática assim que a mulher engravida.

Vamos começar então esclarecendo a primeira dúvida que surge na cabeça: “grávida pode fazer exercício?”. Sim! Ela não só pode, como deve. O que precisa de um pouco de atenção é o tipo de atividade física que será realizada e o objetivo. Durante a gestação, os exercícios não devem ser feitos para atingir uma alta performance, mas para melhorar o condicionamento e a qualidade de vida.

Além disso, em apenas alguns casos muito específicos que os exercícios não são recomendados, como quando há risco de trabalho de parto prematuro. Mas vale lembrar que tudo vai depender do seu Pré-Natal e do que o seu médico vai orientar como sendo o melhor para o seu caso.

Anúncio

FECHAR

“Essa atividade tem que estar associada a algo bom, para não ser um sacrifício. A mulher tem que desenvolver o conceito de que é para ela, para seu próprio bem estar”, explica Alberto Guimarães, ginecologista e obstetra, pai de João Victor e Beatriz.

Nas recomendações de Guimarães, estão atividades como caminhada, musculação de baixo impacto, yoga e meditação. Mas ele também reforça que o ideal é fazer uma avaliação com um profissional que lida com isso, como um preparador físico. Assim, ele vai poder avaliar melhor o seu caso, principalmente se você estiver começando a atividade já grávida.

Quem começa as atividades físicas na gestação, precisa ter mais atenção. “Para quem está começando a fazer exercícios, de um modo geral, a dica é: vai com calma, muita calma. O grande problema é que todo mundo quer resultado para ontem e isso não funciona. Usar o bom senso e entender as mudanças que acontecem no corpo é fundamental”, afirma Alexandre Gaff, personal trainer e consultor internacional da Nike, pai de Felipe e Isabela.

Nos primeiro trimestre gestacional, é preciso evitar o sol e não deixar que a temperatura corporal fique muito elevada, para evitar complicações. Se você já é praticante de atividades físicas e engravidou, siga em frente! Busque moderar o impacto dos exercícios, mas não pare! É fundamental se sentir bem e feliz na gestação e os exercícios físicos podem ajudar, e muito, nisso.

Leia também:

4 exercícios que ajudam a se preparar para o parto

3 exercícios para aliviar as dores nas costas na gravidez

Como se exercitar em todas as fases da gravidez