Gravidez

Chega de pressão! Ter filho depois dos 35 turbina a sua memória

Um estudo recente comprovou que a gravidez aumenta seu poder cerebral

Carolina Piscina

Carolina Piscina ,filha de Ana Maria e Osvaldo

gravidez depois dos 35 melhora meMÓRIA

(Foto: Shutterstock)

Acabou essa história de que o nosso relógio biológico está passando do tempo, ter filho cedo não é mais uma necessidade urgente, para antes dos 30 anos. Um novo estudo comprova que ter filhos depois dos 35 anos aumentar o seu poder cerebral e previne a perda de memória no futuro.

A pesquisa realizada e divulgada pelo jornal da Sociedade Americana de Geariatria realizou testes com 830 mulheres. Então perceberam que aquelas que tiveram filhos depois dos 35 anos tinham uma memória verbal maior do que aquelas que tiveram por volta dos 20 anos.

O aumento dos hormônios durante a gestação pode influenciar positivamente no funcionamento do cérebro e a ideia é de que, se a sua gravidez for mais tarde, as mudanças no seu cérebro durarão mais. Sendo assim, se alguém te disser que é hora de seguir em frente porque o “relóginho está correndo”, apenas diga que os números não mentem!

Anúncio

FECHAR

Além das questões biológicas, nessa fase você já adquiriu mais autoconhecimento e mais maturidade, o que ajuda a administrar a chegada da maternidade. Por outro lado, a escolha entre a carreira, que normalmente está decolando nesse período, e a maternidade, podem gerar dúvidas.

“Esse dilema pode gerar um sofrimento enorme, como se a vida inteira você tivesse lutado para ter uma carreira e agora tivesse que escolher entre uma coisa ou outra”, lembra a psicóloga Aline de Sousa Ribeiro.

A gente sabe que é difícil, mas quando surgir a incerteza, pense que a maioria das pessoas consegue administrar as duas coisas e ter pessoas ao seu lado com quem contar sempre ajuda. Se ser mãe for um desejo seu, siga em frente e, calma, tudo vai dar certo!

Leia também:

Prós e contras de engravidar aos 20, 30 e 40 anos

Saiba porque quem é mãe aos 33 anos tem mais chances de chegar aos 95

Conheça seus direitos durante e depois da gravidez