Gravidez

21 verdades sobre o trabalho de parto que ninguém te fala com antecedência

O processo não é tranquilo, mas o resultado é recompensador

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

(Foto: Captura de tela)

(Foto: Captura de tela)

Estar grávida e entrar em trabalho de parto são duas coisas muito diferentes – uma vez que você entra em trabalho de parto, qualquer dificuldade que você tenha enfrentado na gravidez começa a parecer insignificante, porque você percebe que é naquele momento em que você inevitavelmente vai parir um ser humano.

Você tentará fazer o máximo para ser a grávida perfeita, se manter calma e não insultar o parceiro. Mas a dura realidade é que, lentamente o processo do parto vai acabar com tudo isso. Selecionamos os 21 estágios emocionais do nascimento que praticamente toda mulher grávida enfrenta.

1. Você passa os últimos dias antes do parto numa mistura de nervoso, animação e ansiedade.

Anúncio

FECHAR

via GIPHY

2. Você reage a cada chute ou movimento como um potencial início do trabalho de parto.

via GIPHY

3. Você finalmente entra nos primeiros estágios, passando pelas contrações suaves e o possível rompimento da bolsa.

via GIPHY

4. Você começa a entrar em pânico e juntar todas as coisas para ir ao hospital.

via GIPHY

5. Você liga para o médico, certa de que está na hora de ter o bebê, mas ele te diz para ficar em casa e relaxar até as contrações estarem mais próximas.

via GIPHY

6. Você tenta seguir o conselho, mas o pensamento de expelir um humano diretamente de dentro de você em algumas horas, impede que você fique calma.

via GIPHY

7. Suas contrações começam a parecer cólicas de menstruação com esteroides e você promete nunca mais reclamar delas de novo.

via GIPHY

8. Depois de muitas ligações incessantes ao médico para descobrir se é hora de ir, você vai ao hospital.

via GIPHY

9. Você está chocada com a falta de urgência de todos os funcionários do hospital que você encontra pelo caminho.

via GIPHY

10. A enfermeira basicamente dá risada de você quando pergunta se já pode tomar a epidural.

via GIPHY

11. As contrações começam a te desestruturar e você tem certeza que é hora de empurrar.

via GIPHY

12. Sua enfermeira diz que você só está com cinco centímetros de dilatação, então não. Não é hora de empurrar.

via GIPHY

13. Mas é hora da epidural, se você quiser uma.

via GIPHY

14. Seu parceiro, que só está tentando ajudar, começa a se sentir ofendido.

via GIPHY

15. Você finalmente está com dez centímetros de dilatação depois do que parecem ter sido dias, mas, de repente, você não quer empurrar.

via GIPHY

16. Você desesperadamente pergunta se pode ficar com o bebê lá dentro mais um pouco, porque está entrando em pânico.

via GIPHY

17. Em meio ao suor e às lágrimas, você continua empurrando até que sente que está literalmente sendo rasgada de dentro para fora.

via GIPHY

18. O médico diz que está vendo a cabeça e o seu parceiro se recusa a olhar ao mesmo tempo em que está quase desmaiando ao seu lado.

via GIPHY

19. Nesse ponto você não consegue parar de falar palavrões.

via GIPHY
(SAI DAQUI)

20. Finalmente o bebê consegue sair completamente e o alívio toma conta de você.

via GIPHY

21. Eles levam o bebê até você e, apesar de estar coberto de secreções, é a coisa mais linda que você já viu.

via GIPHY

Assim como todas as mães antes de você.

Leia também:

14 coisas que uma mulher pensa quando descobre que está grávida

7 coisas que as mulheres grávidas querem ouvir na real e sem mimimi

Um gif para cada signo: qual desenho representa o seu filho?