Família

Isso é um absurdo: aumenta o número de crianças trabalhando no Brasil

A região sul lidera com o maior índice de trabalho infantil

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

trabalho

(Foto: Shutterstock)

Uma pesquisa da Fundação Abrinq (Associação Brasileira dos Fabricantes de Brinquedos) de 2015 apontou o aumento de pessoas entre 5 a 17 anos trabalhando no Brasil. Na região norte são mais de 300 mil, nordeste 800 mil, no sul chega a 432 mil, centro-oeste  222 mil e o sudeste tem o maior índice com 853 mil. Ao todo são 2.671.893 menores trabalhando no país.

O estudo diz que em relação a 2014, houve um aumento de 8,5 mil crianças entre 5 e 9 anos trabalhando. Mais de 60% das 2,6 milhões de crianças e adolescentes ocupados se encontram nas regiões Nordeste e Sudeste, sendo que, proporcionalmente, o Sul lidera a concentração de menores nessa condição. É possível perceber que o trabalho especificamente agrícola é feito por crianças mais novas (de 5 a 9 anos), enquanto o contrário sucede no grupo de 15 a 17 anos.

Leia também:

Anúncio

FECHAR

Existe limite para o trabalho infantil artístico?

Banho com recém-nascido em casa: 10 momentos que sempre passamos

Foto de um pai confortando seu filho doente causa polêmica nas redes sociais