Especiais

Volta às aulas: Fique atento aos problemas de visão nas crianças

Descobrir com antecedência é essencial para o aprendizado

A REDAÇÃO PAIS&FILHOS

problema de visão nas crianças

A recomendação médica é levar o filho ao oftalmologista uma vez por ano, a partir dos seis meses de idade (Foto: Shutterstock)

O início do ano letivo é um momento ideal para conferir se a saúde do olho do seu filho está em dia. Quando não enxergam bem na fase escolar, as crianças podem perder o interesse e apresentar problemas na aprendizagem.

Além disso, segundo o Dr. Kássey Vasconcelos, pai de Yasmim e Henrique, especialista em oftalmopediatria do D’Olhos Hospital Dia de São José do Rio Preto, problemas não corrigidos podem atrapalhar o desenvolvimento da visão. “Se o olho manda uma imagem ruim, o cérebro não entende tão bem”, explica.

Leia também

Anúncio

FECHAR

Mitos e verdades sobre a visão do seu filho

10 sinais de que seu filho precisa usar óculos

Como desconfiar

Acredite: mesmo quando crianças pequenas têm um grau elevado, pode ser difícil desconfiar do problema. O Dr. Kássey afirma que elas costumam demonstrar mais dificuldade por volta dos sete anos ou conforme vão crescendo e são mais exigidas, como quando precisam ler a lousa. Por isso, antes do processo de alfabetização, é mais complicado perceber.

Outra questão que pode atrapalhar a percepção dos pais é quando a criança tem grau em um olho e no outro não, pois dificilmente ela vai perceber o problema quando pequena. Entretanto, dores de cabeça ou pálpebras cerradas são alguns dos sinais clássicos de que algo não vai bem com a visão. Hipermetropia, miopia e astigmatismo são os problemas mais comuns.

problema de visão nas crianças (2)

(Foto: Shutterstock)

Já para o consultório

A recomendação médica é que você leve seu filho ao oftalmologista uma vez por ano começando cedo, a partir dos seis meses de idade. “Quando a criança se consulta desde pequena, é mais fácil identificar tanto doenças simples quanto graves que você detecta com antecedência e dá tempo de resolver”, diz o especialista.

De olho nos olhos

O exame feito em crianças é diferente do teste feito nos adultos. Então, ainda que elas sejam bem pequenas, o médico faz uma análise do olho e consegue descobrir o grau objetivo do problema de visão. Por isso, não deixe de levar seu filho periodicamente.

Em casa, você também pode ter uma noção realizando testes simples, desde que a criança já tenha idade suficiente para informar o que está vendo. Quando seu filho estiver assistindo TV, tampe um olho de cada vez e pergunte se ele continua enxergando a imagem normalmente.

Saiba tudo sobre os 5 sentidos do bebê