Especiais

Papai Noel de shopping há 16 anos conta como é trabalhar com crianças

A dúvida mais comum é sobre onde ele estaciona o trenó

A REDAÇÃO PAIS&FILHOS

Papai Noel

Papai Noel Luiz Carlos Gorato com sua família. Foto: Arquivo Pessoal

Vale a pena enfrentar as longas filas para tirar uma foto do filho com o Papai Noel no shopping center? O eletricista aposentado Luiz Carlos Gorato afirma que sim. O senhor de 65 anos, de cabelo e barba brancos naturais, trabalha como Papai Noel há 16 anos na cidade de São Paulo. “As crianças têm paciência de esperar para serem atendidas, os impacientes são os pais”, brinca.

Leia Também:

Mãe é duramente criticada pelo número de presentes que comprou para os filhos

Anúncio

FECHAR

Vídeo: Pais surpreendem as três filhas com presente de Natal inesperado

Ele nos contou que as crianças querem ser fotografadas ao lado dele porque realmente acreditam que o Papai Noel exista, não devido ao fato de os pais insistirem para registrarem o momento. “Elas me entregam cartas, me falam como se comportaram durante o ano e fazem várias perguntas sobre a minha vida”, relata.

Veja outras matérias sobre Natal

As crianças, contudo, são mais desconfiadas atualmente e a maioria confere se a barba é natural e a barriga é de verdade. “Elas dão tapas na minha barriga pra ver se não é almofada. Uma delas puxou com tanta força a minha barba no ano passado que eu passei o resto do período de trabalho com dor”, relembra.

E o que as crianças te falam quando te encontram? “Elas me perguntam onde estacionei meu trenó, por exemplo. Também perguntam como apareço em tantos shoppings. Eu explico que de trenó é rapidinho”, comenta.

Este ano é o primeiro em que ele não realiza a função. Em abril, Gorato teve um problema de deslocamento da retina do olho direito e passou por quatro cirurgias até agora. Por isso, não pode enfrentar a habitual maratona de 4 horas diárias de trabalho por um período de 24 dias. Ele ganha cerca de R$ 12 mil durante a temporada. Segundo ele, os iniciantes na função ganham cerca R$ 7 mil e trabalham por 6 horas, com intervalo de 30 minutos.

Livros para dar de presente para as crianças neste Natal

Dicas para você manter a segurança no Natal

Apesar de não atuar no shopping, ele está participando de eventos em escolas e empresas. Neste dia 24 de dezembro também fará aparições em casas de família, geralmente em condomínios, que o contratam com antecedência.

“Eu não quero me aposentar desta função. Você aprende muito com as crianças. Eu me emociono com algumas histórias. Essa fantasia ninguém deve tirar das crianças. Tem que continuar”, diz.

3 bebidas deliciosas para a ceia de Natal

Veja porque esses cartões de Natal estão viralizando na internet

17 filmes para curtir com a família no Natal