Especiais

Deixe seu filho longe das doenças comuns no carnaval

Desidratação, insolação e queimaduras são algumas delas, saiba como prevenir

Jéssica Anjos

Jéssica Anjos ,filha de Adriana e Marcelo

doencas-carnaval

(Foto: Shutterstock)

O carnaval está chegando e muitas vezes a gente pensa tanto na diversão que se descuida de algumas prevenções básicas. Carla Bigoni, pediatra da Pro Matre Paulista, filha de Renzo e Maria José, nos deu algumas dicas para seus filhos passarem bem longe das doenças que são mais comuns no período de carnaval.

Fuja das queimaduras 

“A primeira coisa que eu acho importante falar e que acontece com frequência é a queimadura do sol. Procure expor as crianças à luz solar até às 10h ou só depois das 15h”, aconselha Carla. E não pode esquecer do protetor solar! Sempre com o fator acima de 30. Outra dica legal é preferir usar roupas mais leves, como as de algodão.

Anúncio

FECHAR

Abuse do repelente

Durante o verão há uma maior proliferação do mosquito Aedes Aegypti e é super importante se proteger. Mas atenção, porque a maioria dos repelentes só podem ser usados em crianças maiores de 2 anos. “Uma dica para quem tem filhos pequenos é utilizar os famosos mosquiteiros no carrinho e no berço para evitar as picadas”, exemplifica a pediatra.

Cuidado com as brincadeiras de espuma

No carnaval a gente sabe que rola muita brincadeira com espuma, afinal isso faz parte de toda a diversão. “Os pais precisam ficar atentos, porque muitas espumas contém álcool e isso pode dar alergia na pele das crianças ou fazer um estrago pior, caso entre em contato com os olhos”, diz Carla.

Comer de 3 em 3 horas

“Seguir a agenda de refeições é essencial, além de cuidar da hidratação a cada 20 minutos”, explica a especialista. As crianças perdem muita água do corpo por causa da folia e a desidratação é algo comum no período de carnaval, então a melhor forma de evitar é bebendo bastante água. Prefira a água de garrafinha ou água de coco natural, os sucos de caixinha e refrigerantes contém muito açúcar.

Seja chato na hora de escolher onde vai comer

“Outra doença comum nesse período é a diarreia e vômito, então avalie sempre a procedência do local onde você vai se alimentar”, aconselha a pediatra. Fique sempre de olho em como as pessoas manipulam os alimentos.

 

Leia também:

Veja os principais cuidados para curtir o Carnaval de rua com os bebês

3 tipos de lanches para levar no bloquinho de carnaval

Folia ou tranquilidade?