Colunistas

O estranho é ser indiferente

21 de março, dia Internacional da Síndrome de Down

Sindrome-de-Down

(Foto: Arquivo pessoal)

Dentre os 365 dias do ano, 21/03 foi escolhido para o dia Internacional da Síndrome de Down porque é uma alteração genética no cromossomo 21, que deve ser formado por um par, mas no caso das pessoas com a síndrome, aparece com três exemplares (trissomia).

Oficialmente estabelecida em 2006 pela “Down Syndrome Internacional” (DSI), ONG que reúne entidades ligadas à Síndrome de Down em todo o mundo, essa data tem por finalidade dar visibilidade ao tema, reduzindo a origem do preconceito, dado pela falta de informação correta. Em outras palavras, combater algo que teima em transformar uma diferença em rótulos, numa sociedade insensível para o “diferente”.

Leia também

Anúncio

FECHAR

Entenda a Síndrome de Down

Veja a programação do Dia da síndrome de Down em SP

Sabemos que a inclusão social é um processo cultural que compreende a ação de todos contra o preconceito e a discriminação, bem como um processo político que requer participação das pessoas com deficiência, respeitadas as suas peculiaridades, na definição das iniciativas governamentais relacionadas às necessidades especiais e direitos correspondentes.

Desde que soube do diagnóstico da síndrome de minha filha Lorena, ainda na gestação, tento mostrar para as pessoas através de meus textos, atitudes diárias e disseminação de informações em redes sociais, a necessidade da mudança do olhar para a deficiência seja ela qual for. E posso dizer que, aos passos de formiguinha, venho conseguindo. Muitas pessoas me procuram para dizer que há pessoas com SD na escola do filho, em determinado emprego, praticando um esporte, dançando ballet, enfim, coisas comuns.

E o melhor: comentam o quanto as conquistas destas pessoas afetam positivamente suas vidas. Fico feliz por poder mostrar nosso dia a dia, com Lorena completamente incluída nas atividades sociais, todos “juntos e misturados” e o quanto isso tem mudado pensamentos de pessoas ao meu redor.

A importância da fonoaudiologia na Síndrome de Down

Os benefícios da música para crianças com Síndrome de Down

Inclusão é diária, mas o dia 21/3 existe para ser comemorado, sim!  Vamos nesta data reafirmar que as pessoas com síndrome de Down têm direito ao pleno usufruto de todos os direitos humanos. Devemos reconhecer nossa responsabilidade coletiva para criar condições para que todas as pessoas com deficiência possam fazer contribuições valiosas para o nosso futuro comum.