Colunistas

Não é fácil, mas é uma delícia!

A vida sem babá é assim. E numa boa... eu não troco por nada!

Ike

Todos os dias, acordo às seis horas da manhã. Meu despertador toca a música (Don’t ever leave me, do pianista Keith Jarrett). A música é linda! Mas nesse momento o sono estava melhor. Tem gente que pula da cama na maior animação, comigo o processo é um pouco mais lento. Vou caminhando para o banheiro e nessa hora, parece que tenho uns noventa anos.

Quando entro no quarto da Nina para acordá-la, tenho dó. Mas faço as contas de quantas horas ela dormiu e não tem jeito. Vamos à luta!! Pego minha princesa no colo e ela realmente desperta na mesa do café. Nesse momento não estou mais com sono e costumo fazer alguma palhaçada pra ela rir.
Depois disso, ela prefere acordar a mãe pra cuidar do penteado. Não sei por quê…

Anúncio

FECHAR

Partimos pra escola e temos um combinado. Eu não ouço notícias e ela não assiste DVD, é hora de falar sobre a vida, sobre a natureza e conhecimentos gerais. Isso é uma delícia!
Tem dias que estamos sem assunto e ficamos em silêncio. Às vezes, olho pelo retrovisor e vejo os seus olhos observando o movimento lá fora. Não demora muito, ela também procura pelos meus olhos no espelho, assim que os olhares se cruzam, sorrimos simultaneamente. Com o amor e a cumplicidade que dispensa palavras.

Leia também:

10 coisas que não devemos ter medo de dizer aos filhos

Disney divulga trailer oficial da animação “Procurando Dory”

Ao passar com o carro pelo portão da escola, ouço seu cinto de segurança se soltar e espero pelo seu abraço que dura até o momento de descer do carro. Isso deve levar aproximadamente um minuto. Minuto esse que recarrega todas as minhas baterias. Saio de lá pronto pra mais um dia de trabalho. Vou pra academia cuidar da saúde e quando volto pra casa, lá está o Tony cheio de energia querendo brincar.

Ele entra na escola um pouco mais tarde. E assim que deixamos ele, parece que estamos participando de uma gincana, temos algumas horas pra reuniões, e-mails, fotos, entrevistas. enfim… cuidar de nossas carreiras para proporcionar aos nossos filhos a melhor infância possível. A vida sem babá é assim. E numa boa… eu não troco por nada!

Esses momentos ficarão marcados pra sempre na memória deles… E na nossa também!!
Tenham um ótimo fim de semana!!
Um abração!

Assista ao clipe de D’ont ever leave me – Keith Jarrett:

7 coisas que todo pai de menina deveria saber

10 coisas que um pai de menino aprende