Bebês

Leite materno evita doenças e deixa o bebê mais inteligente

Amamentação é ainda mais importante no primeiro ano de vida

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

amamentacao

(Foto: Shuttestock)

Alimentação correta nos primeiros mil dias, que compreendem a gestação e os dois primeiros anos de vida do bebê, é muito importante. Alimentos saudáveis aliados a estímulos adequados nesta época influenciam muito no futuro das crianças. O leite materno tem papel fundamental, pois contém todos os nutrientes que a criança precisa para crescer e desenvolver suas habilidades ao longo da vida.

Um período maior de amamentação pode ajudar no desenvolvimento da inteligência.  Por isso, até o sexto mês de vida a OMS (Organização Mundial da Saúde) recomenda o aleitamento materno exclusivo.  A amamentação pode ser prolongada até os dois anos ou mais, já que é no primeiro ano de vida que ocorre cerca de 80% do crescimento do cérebro da criança, de acordo com Clery B. Gallacci, mãe de Fernando e Luca e professora de pediatria e neonatologia na Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.

“É durante este período que  grande parte da mielinização, ou processo de maturação do cérebro, se completa. Para isso é necessário haja gordura presente no organismo do bebê. O tipo de gordura ideal para que esse processo ocorra é somente encontrada no leite materno”, explica Clery, que também é médica pelo Hospital e Maternidade Santa Joana.

Anúncio

FECHAR

Além disso, o leite materno ajuda a evitar várias doenças nos primeiros anos de vida. “Em sua composição existem vários fatores protetores, como anticorpos, lactoferrina, células vivas, imunoglobulinas, que levam a proteção de doenças respiratórias, gastrointestinais e a diminuição de quadros alérgicos”, justifica a médica.

Essas e mais informações sobre saúde na gestação e nos dois primeiros anos de vida das crianças, estão no portal Primeiros 1000 Dias,  lançado pela Danone Early Life Nutrition. O site tem o objetivo de informar sobre tudo o que ocorre neste período e como nós pais podemos lidar melhor com todas as transformações.

A plataforma está recheada de dicas sobre alimentação, amamentação, hábitos saudáveis e curiosidades. O conteúdo é baseado em estudos científicos, mas apresentado de forma rápida, leve e educativa para que cada vez mais pessoas se conscientizem sobre a importância dos mil primeiros dias.

Leia também:

Nutrição adequada nos primeiros 1000 dias do bebê é fundamental

Você sabe tudo sobre os primeiros 1000 dias do bebê?

Primeiros 1000 dias pode mudar radicalmente o destino da criança