Bebês

10 coisas que você não sabia sobre o sono do seu filho

Aprenda a hora e o jeito de colocar seu filho para dormir

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

sono da criança

Bebê pequeno não tem um sono contínuo e tranquilo: são madrugadas em claro e sonos profundos durante o dia. Mas, para que você não se transforme em um zumbi, separamos as 10 coisas que você precisa saber sobre o sono do seu filho.

Pegue o travesseiro e prepare-se!

Anúncio

FECHAR

Sonecas descontroladas

O relógio biológico do seu pequeno ainda não está formado, por isso ele deverá dormir a qualquer momento, não importa a hora do dia ou da noite. Entre a sexta e a décima semana, o bebê não tem ritmo ou motivo para cair no sono.

Mas mesmo os recém-nascidos podem se beneficiar de uma rotina diária na hora do dormir. Quando você dá de mamar, veste o pijama no pequeno e coloca uma música calma para tocar, ele recebe o sinal de que aquela é a hora de dormir desde cedo.

Coloque-o para dormir ainda acordado

Nada de ficar com o pequeno no colo até que ele caia no sono. É importante que você coloque-o para dormir ainda acordado, para que ele consiga voltar a dormir sozinho durante a noite.

Se você fica ao lado dele todas as noites até que o sono venha, ele só conseguirá dormir assim, e isso pode trazer problemas para a rotina da família.

Rotina é essencial

Entre a sexta e a oitava semana, o bebê se beneficia de um horário certo para dormir, ligado à alimentação e o horário “oficial” de ir para a cama, mesmo que ele ainda não durma a noite toda.

No terceiro e quarto meses, o bebê deverá dormir cerca de seis horas, e poderá pular a mamada do meio da noite. Por isso, você deve adiantar a hora do sono entre as 19h30 e 20h30.

Pela manhã, expor o bebê à luz do dia também ajudará a regular o relógio biológico do pequeno. Intercale as mamadas de uma maneira que ele esteja disposto, acordado e bem alimentado para uma caminhada pela manhã.

Mãe machucada pela manha

Os especialistas concordam que, até os três meses, os bebês precisam se alimentar por demanda (deles) e ter todas as necessidades atendidas. Mas, depois desta época, você pode adotar novas táticas para que toda a família durma no horário adequado.

Muitas vezes, o choro do bebê durante a madrugada é mais assustador para a mãe do que para o pequeno, que apenas quer sua atenção.

Soneca estilosa

Cada criança tem um jeito de tirar as sonecas, e isso pode mudar ao longo do tempo. Se antes o bebê tirava dois cochilos entre o terceiro e quarto mês, mas agora tira sonecas de 45 minutos três ou quatro vezes, não se preocupe e siga o estilo dele.

Flexibilidade

Quando você tem mais de um filho, outros compromissos aparecerão e você terá que aprender a ser flexível com os horários e pedidos do seu outro pequeno. Por isso, não seja tão rigorosa com a agenda programada.

Aproveite que acordou cedo para dar de mamar ao pequeno, e tome café da manhã com o mais velho, por exemplo. Depois da 12ª semana, você já conseguirá ver uma rotina se formando.

Aprenda os sinais

Se o bebê está fechando os olhos ou reclamando, ele está cansado e precisa de sono, seja durante a noite, ou uma soneca durante o dia. Deixe que o corpo do seu pequeno determine a hora de tirar um cochilo. Caso contrário, ele pode ficar agitado e reclamão.

Preste atenção naqueles cinco minutos de sono enquanto você está amamentando, ou durante um passeio de carro. Eles tiram a sensação de sono dos bebês, mas não o sono de verdade, e podem fazer com que seu filho não durma bem durante a noite.

Cólica não ajuda a dormir

Aqueles três primeiros meses são cruéis: não existe um horário específico de sono, e você fica dependente das vontades do seu bebê. Além disso, muitos deles têm cólicas, acompanhadas de uma crise de choro que parece não ter fim.

Como você sabe que é cólica? Ouça o choro, ele costuma ser mais alto e estridente do que o normal, e perceba os sinais de dores físicas. O choro ainda pode seguir a Regra dos Três: dura três horas por dia, três dias por semana, por três semanas.

Se este é o seu caso, boas notícias: a cólica costuma sumir no terceiro mês de vida do bebê. Mas, enquanto isto não acontece, utilize truques para fazer o seu pequeno dormir. Chacoalhar e cantar são métodos populares, enquanto outros bebês se acalmam com o barulho de um ventilador, por exemplo. Encontre o que acalme seu filho e mantenha a sanidade.

Dorminhocos também têm problemas

Mesmo com 9 ou 10 meses, os melhores dorminhocos podem ter problemas, graças a ansiedade de se separar da mãe ou fases do desenvolvimento. Não importa o que aconteça, não mude as regras da hora de dormir.

Os horários de cada bebê

Cada bebê é diferente do outro. Conheça bem o seu e tente casar seus horários. Se seu filho gosta de acordar cedo, por exemplo, pare de ficar acordada até mais tarde para checar e-mails ou lavar a roupa e aproveite para dormir!

Fonte: Parents